No Café da Manhã com Poesia: Lata em Ouro


No primeiro semestre de 2013 Magno Oliveira irá lançar seu primeiro livro de poesias.

Quer já reservar o seu exemplar?

Envie um e-mail fazendo a solicitação para: oliveira_m_silva@hotmail.com ou folhetimcultural@hotmail.com e saiba mais.


Todos os sábados e domingos esta coluna será postada!

Magno Oliveira já trabalhou como repórter cultural do Jornal Mídia Ambiental (Poá), Teve uma de suas obras publicada no 1º Livro de Antologia Poética do Concurso Augusto dos Anjos (Heroico Sorriso), no jornal Mídia Ambiental teve a poesia Amazônia publicada na primeira edição do jornal. Já participou de diversos saraus e mostras de poesias. 


Magno Oliveira no twitter: https://twitter.com/#!/oliveirasmagno 

E-mail Folhetim Cultural: folhetimcultural@hotmail.com 

Twitter Folhetim Cultural:  https://twitter.com/#!/FolhetimCultura 

Facebook de Magno Oliveira: http://www.facebook.com/oliveira.m.silva 

Responsável pelo Folhetim Cultural

Trabalhos

2009 - Como Vou Parar de Lhe Amar concurso de poesias de escolas estaduais de Poá. Diploma de honra ao mérito.
2009 - Poesia Poá participa de exposição em comemoração ao aniversário da cidade homônima.
2009 - Poesia Amazônia publicada na primeira edição do jornal Mídia Ambiental.
2010 - Criado o Folhetim Cultural
2011 - Começa a escrever semanalmente no Folhetim Cultural sua coluna poética No Café da Manhã com Poesia.
2011 - Passar a colaborar com os sites Recanto das Letras, Site de Poesias e Poesias On Line.
2011 - Poesia Heroico Sorriso é publicada no livro Antologia Poética do Concurso Augusto de Jesus.
2011 - Magno Oliveira é entrevistado por Rute Beserra.
2011 - Magno Oliveira começa a participar mensalmente do Sarau Pavio da Cultura em Suzano.
2012 - Poesia Amazônia é publicada no Site Apoema.
2012 - Poesia Heroico Sorriso é publicada no Blog Bar do Escritor.
2012 - Poesia Heroico Sorriso é publicada na Revista Varal do Brasil.
2012 - Poesia Joãosinho faz parte do projeto Um Poema Em Cada Árvore 17º Edição.
2012 - Poesia Heroico Sorriso é publicada no Blog Spider Web.


Poesia: Lata em Ouro


Sei o caminho a percorrer
Sei que posso escolher o que ser
Mas sempre faço as escolhas deixando de lado
Eu. Eu esqueço do melhor
Mais bonito e mais importante
Me escravizo em vão
Fico sem e divido com os outros meu pão
Como eu deveria ser eu sei de cor
Mas quando estou apaixonado
Penso que é diamante
Sou ouro e tento transformar lata em ouro
Tento aquecer quando é frio sendo couro...
Acreditei que amor se torna amizade
Acreditei que era possível desfilar felicidade
Mesmo sem ter quem se ama
E se entregando,
Amando,
Se doando,
E aceitando em troca a presença.
Eu fui o tolo e você o ladrão
Mas não vou te dar meu tesouro
Sofrer é nossa setença
Sofra com o dragão,
Sofra com  o dragão,
Sofra com o dragão,
Invisível.
É impossível
Não chorar ao perceber
Que amizade é apenas a  presença
Ás vezes é preciso mais
Eu quero um canto de sossego
Eu quero um pouco de aconchego
Eu quero paz
Penso no futuro dos outros e esqueço o meu
Então que você se vire com o seu
Sou ouro e não sou lata
Sou diamante no meio do palheiro
Sou mais valioso que euro, dolar e qualquer dinheiro
Meu olho verde mata
Não vai chorar
Nem vou me dar por vencido
Nunca mais eu entristecido
Nunca mais
Querer transformar ouro em lata
Mas irei rezar pedir perdão para Deus
Tomara que ele me perdoe eu e os filhos meus
A vida começa quando você decidi: Eu decidi viver...
E vou vencer

E talvez você não... mas nem vou me preocupar com isso caso alguém esteja mentindo.

Comentários

  1. Sorte editorial para o autor e venho desejar um FELIZ NATAL.

    ResponderExcluir
  2. MUY FELICES FIESTAS Y LOS DESEOS DE ENCONTRAR SIEMPRE TAN BUENA ESCRITURA.-
    MUCHAS SONRISAS PARA ESTE AÑO QUE TERMINA.-

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá