Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Ignácio de Loyola Brandão encerra ciclo de oito anos de formação em literatura na cidade‏

Imagem
Uma noite repleta de histórias e de ensinamentos. Foi assim o bate-papo do projeto Viagem Literária, com o renomado escritorIgnácio de Loyola Brandão. O evento ocorreu nesta quarta-feira (17/10), no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi, encerrando na cidade o ciclo de oito anos de formação literária para leitores e escritores. O projeto é uma realização daSecretaria de Cultura em parceria com o governo do Estado.
Comunidade Folhetim Cultural no Facebook

Num auditório lotado por professores e futuros profissionais da área, Loyola iniciou a noite com relatos sobre mestres que marcaram sua trajetória desde a infância, e, que o ajudaram a descobrir a realização por meio da escrita. Durante a infância, o autor se declarou como inibido e desajeitado, até que seus textos fizeram com que se sentisse visto e admirado.
Curta a página do Folhetim Cultural no Facebook
“Não era bonito nem nada, mas tinha na cabeça alguma coisa que poderia mudar e transformar o mundo. A literatura é u…

PRAÇA VICTOR CIVITA REALIZA OFICINAS CRIATIVAS

Imagem
Atividades comandadas pelo artista plástico e educador Glauco Paiva têm como objetivo despertar no público infanto-juvenil o gosto pela inovação e inventividade

Entre os dias 30 de outubro e 1º de outubro, a Praça Victor Civita promoverá atividades do Projeto Oficinas Criativas, cujo objetivo é despertar nas crianças a vontade de descobrir, criar e inventar, de uma forma divertida. Twitter do Folhetim Cultural Para tanto, o projeto que tem patrocínio da Claro, através do PROAC (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo), oferecerá cinco oficinas, tendo como público principal, alunos do ensino fundamental I e II de escolas públicas.
Curta a página do Folhetim Cultural no Facebook
Coordenadas pelo artista plástico e educador Glauco Paiva, as atividades apresentarão temas distintos, uma delas é a oficina ROBÔ DESENHISTA, que propõe a criação de um simpático robozinho que desenha aleatoriamente sobre o papel.
Comunidade Folhetim Cultural no Facebook

Já na oficina BRAÇO MECÂNICO HIDRÁULICO…

Exposição sobre Chica da Silva está suspensa

A 3ª edição da exposição Resgate sobre Chica da Silva está suspensa. A mostra, com duração prevista até 31 de outubro, precisou ser interrompida devido à queda da porta da boca de cena do Pavilhão da Cultura Afro-brasileira Zumbi dos Palmares, na última quarta-feira (10/10). O espaço está interditado até a conclusão do conserto.

Teatro 'PEDRA MÃO, LUZ SABÃO...' em POÁ‏

A Cia. Teatro Roda Mundo, fundada em Poá nos anos 90, estreia seu novo espetáculo ‘PEDRA MÃO, LUZ SABÃO – Era uma vez um artista que de Aleijadinho nada tinha...’, ganhador do 2º Edital para Ações Culturais “Prêmio Ensaiando um País Melhor”.
Comunidade Folhetim Cultural no Facebook

A Cia. Roda Mundo é responsável também pela direção artística e coordenação geral do espetáculo ‘Passos da Paixão’realizado nas ruas de Poá, há 13 anos pela Associação Cultural Opereta e que a partir de 2013 fará parte do Calendário Turístico do Estado de São Paulo.
Curta a página do Folhetim Cultural no Facebook

O grupo é formado pelos atores Alvaro Junior, Fílipi Lima, Lidiane dos S. R e Marco Senna. A peça conta através da manipulação de bonecos e de objetos animados, a história real/mítica de Aleijadinho, mestre da arte barroca desenvolvida no Brasil a partir do início do século XVII.
O espetáculo fará temporada de 10 apresentações gratuitas no Espaço Cultural Opereta, inaugurado no último mês de julho em c…

No Café da Manhã com Poesia: Garota de Programa

Imagem
No primeiro semestre de 2013 Magno Oliveira irá lançar seu primeiro livro de poesias.


Quer já reservar o seu exemplar?


Envie um e-mail fazendo a solicitação para: oliveira_m_silva@hotmail.com ou folhetimcultural@hotmail.com e saiba mais.



Todos os sábados e domingos esta coluna será postada!

Magno Oliveira já trabalhou como repórter cultural do Jornal Mídia Ambiental (Poá), Teve uma de suas obras publicada no 1º Livro de Antologia Poética do Concurso Augusto dos Anjos (Heroico Sorriso), no jornal Mídia Ambiental teve a poesia Amazônia publicada na primeira edição do jornal. Já participou de diversos saraus e mostras de poesias. 


Magno Oliveira no twitter:https://twitter.com/#!/oliveirasmagno
E-mail Folhetim Cultural: folhetimcultural@hotmail.com 
Twitter Folhetim Cultural: https://twitter.com/#!/FolhetimCultura
Facebook de Magno Oliveira: http://www.facebook.com/oliveira.m.silva 
Responsável pelo Folhetim Cultural
Trabalhos
2009 - Como Vou Parar de Lhe Amar concurso de poesias de escolas estaduai…

Devaneios do Ranzinza por Roberto Prado: A bela arte de ser pessimista

Imagem
Roberto Pradocolabora com o Folhetim Cultural desde o início de 2011, Devaneios do Ranzinza aos sábados ás 21 horas e o Chá das 5 uma vez ao mês no sábado. Roberto Prado já publicou dois livros pela (CBJE) Câmara Brasileira de Jovens Escritores, Gringas e Outras Histórias está na segunda edição.




Devaneios do Ranzinzasábados 21 horas
Chá das 5sábados 17 horas
Folhetim Cultural no Facebook
Folhetim Cultural no Twitter



A BELA ARTE DE SER PESSIMISTA
Ser pessimista É nunca ser pego de surpresa Ser pessimista É nunca querer chegar mais cedo Afinal alguém já passou a noite na sua frente Ser pessimista é Não sofrer, Afinal você não estava esperando nada mesmo Tava na cara que aquilo ia dar errado Ser pessimista Tem seu charme, seu encanto Aquele olhar vago Aquela postura de quem não está nem aí com nada Ah! Ser pessimista é uma espécie de antibiótico Contra o otimismo vazio e inconseqüente Daquela postura “Poliana” de ser Dos que dizem bom dia, quando está chovendo

Sentires Poéticos por Ianê Mello: Sentir Poético

Sempre encontrei verdadeiro fascínio na poesia, sendo por ela constantemente atraída, por sua forma subjetiva e rica de expor sentimentos e idéias com profundo lirismo. Quando comecei a escrever algumas linhas, na minha adolescência, foi através da forma  poética que encontrei expressão. Os versos fluíam tão naturalmente e com tamanha facilidade que não pensava nas palavras, elas vinham e se apossavam de mim (risos).  Me sentia um mero instrumento daquele "algo" que de mim se apoderava, a inspiração. Com o passar do tempo fui encontrando novas formas de expressão, como o conto e a crônica, encontrando prazer e desenvolvendo uma fluência na escrita desses gêneros,          mas a poesia continua sendo a minha paixão e a minha catarse.



Biografia


         Nascida no Rio de Janeiro (RJ).

É educadora e pós-graduada em Pedagogia Identificada com as diversas propostas em textos literários, escreve também com  resultados diversificados.


Seus textos incluem contos, crônicas, aforismos, haicais e po…