Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Guitarrista de blues David "Honeyboy" Edwards morre aos 96 anos

Imagem
Foto: Getty Images David "Honeyboy" Edwards O guitarrista norte-americano de blues David Edwards, conhecido como "Honeyboy" e considerado o último bluesman da geração dos anos 30, morreu aos 96 anos em sua casa em Chicago, informa a agência britânica de notícias BBC. Conhecido por suas longas turnês, Edwards se mantinha ativo e, apesar de sua idade, chegava a fazer 70 shows por ano. Ganhador de um Grammy em 2008 por seu blues tradicional, ele recebeu também outro no ano passado em reconhecimento pelo conjunto da obra. "Just like Jesse James", "Long Tall Woman Blues" e "Gamblin Man" são algumas das mais conhecidas músicas de "Honeyboy", nascido em 1915 em Mississipi. O cantor aprendeu a tocar na infância e abandonou sua família aos 14 anos para viajar com alguns dos maiores músicos do "Delta blues". Em 1942, começou a tocar profissionalmente em Memphis. "Honeyboy" tinha, segundo seu empresário, uma memória fot…

OPERETA CONVIDA - 'O CONTO DE BEATRIZ' - TROUPE PARABOLANDOS

Imagem
“O CONTO DE BEATRIZ”


SINOPSE

Beatriz é uma menina sonhadora que mora em uma cidade fria e sem cor. Vive com seu avô, um velho que sempre a trata de forma ríspida, tenta sustentar uma amizade com Manuela, a única pessoa que, aparentemente, quer ajudá-la. No entanto, Beatriz ainda consegue encontrar alguma esperança em um boneco de pano velho, ao qual ela deu o nome de Sebastian. A perda da sensibilidade faz com que a magia e fantasia venham à tona onde a história nos revela a transformação dos seres.

TROUPE PARABOLANDOS

Os números da Tarrafa Literária

Imagem
Cerca de 2.400 pessoas participaram da festa santista
Fotógrafo: PublishNews Encerrou-se no dia 28 de agosto, a 3ª edição da Tarrafa Literária, festa dos livros que rolou em Santos desde o dia 24. O palco do evento foi o restaurado e belo Teatro Guarany, no Centro Antigo da cidade praiana. Segundo os cálculos preliminares da organização da Tarrafa, cerca de 2.400 pessoas passaram por lá nos cinco dias de evento, que este ano contou com a participação internacional de Ian Sansom, autor de A verdade sobre os bebes, de A a Z (Editora Barracuda, 320 pp., R$ 39), e de Inês Pedrosa, que além de autora de vários livros já lançados no Brasil também é a diretora da Casa Fernando Pessoa, em Lisboa. No total, 22 autores pisaram no palco do teatro e conversaram sobre assuntos que variaram de jornalismo a paternidade, de quadrinhos (uma das mesas com maior público) a história do Brasil. Além do crescimento do público em relação aos anos anteriores, marcaram a Tarrafa em 2011 dois eventos paralelos…

Devaneios do Ranzinza por Roberto Prado

Imagem
Roberto Prado, 49 anos Santos, São Paulo.
Publicou dois livros, é funcionário público. Talentoso escritor, irá escrever aos sábados 10 horas da manhã, no Folhetim Cultural com reprise nas terças ás 20 horas. Pelo Folhetim ainda escreverá uma vez ao mês no Chá das 5. Blog do Roberto Prado: http://blogdonemesis.blogspot.com/ Twitter do Folhetim: http://twitter.com/#!/folhetimcultura E-mail do Folhetim Cultural: folhetimcultural@hotmail.com E-mail: rpjbarbosa@fazenda.sp.gov.br

                O CANDIDATO CHEGOU
As ruas estão sujas, alias, são sujas sempre. O calor ainda faz com que o vento levante a areia que entra nas casas, entra nos olhos das gentes que moram naquele bairro.

Descoberta sexuais de adolescente durante a ditadura são tema de livro

“Caos de uma vida sem sonhos” é a primeira obra publicada pelo estudante de cinema Henrique Ludgério
Durante os anos 70, a ditadura assombrou o Brasil e aterrorizou a população com suas regras e censuras. Entretanto, em uma pequena cidade fictícia do interior , ela conseguiu passar quase despercebida. É lá que vive Guilherme, protagonista de “Caos de uma vida sem sonhos”. O livro é o primeiro publicado pelo estudante Henrique Ludgério e chega às lojas pela editora Multifoco a partir do dia 20 de agosto de 2011. Filho adotivo de uma família conservadora, Guilherme experimenta o desejo sem limites. A primeira paixão, por exemplo, foi pela meio-irmã. A vida do jovem fica ainda mais agitada com a chegada de um garoto na cidade, que aguça seus sentidos e provoca uma redescoberta que mudará sua vida e a de todos ao redor.  A partir deste momento, questões humanas entram em xeque, como amor, sexo, memória, tradição, nostalgia e os sonhos, que representam liberdade. Guilherme deseja que seus cam…

Prefeito participa da 11ª edição do Memória Viva‏

Imagem
O prefeito Marcelo Candido participou na noite desta quarta-feira (24/8), no Casarão das Artes, da 11ª edição do projeto Memória Viva que homenageou Carlos Jácomo Spada, um dos fundadores do jornal Gazeta Popular, e Celina Vidal Gonçalves (in memoriam), que foi a primeira empresária da cidade ao funda a Gráfica Condor.
O prefeito falou da importância da iniciativa, que neste mês comemora seu primeiro ano. “Ao completar um ano, quero lembrar o que nos levou a criar esse projeto, que é ira além daquilo que é visível. O Memória Viva quer contar a história daquilo que não é material, quer lembrar e apresentar homens e mulheres que contribuíram e contribuem para construção da nossa cidade. Por isso, me orgulho muito desse projeto”, disse.
Sobre os homenageados, Candido destacou: “A história da dona Celina traz uma bela contribuição para a cidade. Foi uma mulher que lutou muito, conquistou espaços importantes para sua época. Sua gráfica também marcou a história da cidade e esta num local que …