Sílvio Santos vende o PanAmericano por R$450 milhões ao banco de investimentos BTG Pactual




O empresário e apresentador decidiu se desfazer da instituição financeira por causa de uma dívida bilionária.

Em novembro de 2010, autoridades financeiras descobriram que diretores do PanAmericano tinham cometido fraudes contábeis.

Eles vendiam carteira de crédito sem dar baixa na operação, o que fazia com que o banco acumulasse um dinheiro que na prática não existia.

Após a descoberta da irregularidade, a dívida da instituição foi declarada em R$2,5 bilhões.

Para salvar a empresa, o Fundo Garantidor de Crédito concedeu um empréstimo no mesmo valor para que Silvio Santos quitasse o rombo.

Como garantia, o apresentador colocou à disposição todos os seus bens, incluindo o SBT.

Nesta segunda-feira, ele se reuniu em São Paulo com o dono do BTG Pactual, André Esteves, e concretizou o negócio.

Após a negociação, Silvio Santos garantiu que não há mais riscos ao PanAmericano.

O apresentador reconhece que as dívidas do banco foram contraídas por má administração.

Silvio Santos garante que nenhum de seus bens será colocado novamente à venda.

O comando do Panamericano ficará nas mãos de José Luiz Acar Pedro, sócio do BTG Pactual.

Pelo acordo, a Caixa Econômica Federal manterá sua participação de 36% no capital social total do banco.


Fonte: Rádio Bandeirantes

Postagem: Bruno Martins

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo