Memória Viva homenageia Carlos Nego e Thadeu José de Moraes (in memoriam)‏

O projeto Memória Viva homenageou, na noite desta quarta-feira (29/9), duas personalidades importantes para a história de Suzano: o jornalista de esporte amador do jornal Diário de Suzano, Carlos Nego, e o fundador do mesmo veículo de comunicação, Thadeu José de Moraes (in memorian). O vice-prefeito e secretário municipal de Governo, Walter Bio, e o secretário municipal de Cultura, Walmir Pinto, fizeram a entrega das homenagens.

A cerimônia foi realizada no saguão do Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi. Mais de uma centena de pessoas acompanharam o evento, que também teve show com a dupla Chiquinho e Teresa e a banda Geraes, interpretando composições do sambista Adoniran Barbosa.

O homenageado Carlos Nego, colunista do Diário de Suzano há 37 anos, mostrou-se emocionado com a honraria. “Há uma coincidência na noite de hoje. Quando eu tinha 12 anos, jogava bola aqui em frente ao Centro Cultural. Eu vivia num cortiço aqui na frente e foi ali que passei os anos mais bonitos da minha vida. E hoje estou muito emocionado em estar aqui”, disse. Carlos Nego agradeceu o secretário Walmir Pinto e a família de Thadeu José de Moraes, com quem convive há mais de 30 anos.

A representante da família Moraes, Augusta de Moraes Gusmão dos Santos, uma das diretoras do Diário de Suzano, agradeceu a homenagem e falou da história de seu avô na construção de Suzano. “Ele foi um exemplo de homem trabalhador. Sempre lutou pelos mais humildes. Foi vereador de Suzano e participou ativamente da emancipação político-administrativa da cidade”, contou.

Para Walmir, a história de Moraes se confunde com a história de Suzano e a do jornalista Carlos Nego, com a do futebol suzanense. “Quando chegamos na administração, em 2005, percebemos que não havia registros históricos da cidade, apenas fotos sem créditos. Sentimos a necessidade de cuidar da história e é obrigação do poder público contá-la”, ressaltou.

O secretário destacou que o patrimônio de um município não é apenas material, mas também imaterial, composto pelas histórias de personagens que ajudaram a construir o município, desde moradores antigos a trabalhadores e empresários. “A história é contada por muitas pessoas”,



O vice-prefeito também destacou a importância dos homenageados da noite para a história do município. “Thadeu José de Moraes teve coragem de apostar no seu sonho, o de criar um jornal, que hoje é administrado por sua família com a mesma competência. O Carlos Nego é um amigo de longa data e faz parte da historia da cidade, tem um carisma fantástico”, afirmou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo