Prefeito prestigia concerto regido por João Carlos Martins no Teatro Dr. Armando de Ré



O Teatro Municipal Dr. Armando de Ré foi palco, na noite desta quarta-feira (25/8), da apresentação da orquestra da Fundação Bachiana, regida pelo maestro João Carlos Martins. O espetáculo teve início às 19h e contou com a presença do prefeito Marcelo Candido.

Martins é idealizador de um projeto de musicalização com a orquestra bachiana, que conta com um núcleo em Suzano, na Escola Estadual Professora Jussara Feitosa Domschke, em parceria com a Clariant. São 90 alunos que estudam violino e flauta. As crianças e adolescentes prestigiaram a apresentação, emocionaram-se com as peças e aplaudiram de pé o maestro e sua orquestra.



Martins elogiou a estrutura do teatro suzanense e agradeceu a parceria da Prefeitura, em encontro com o prefeito Marcelo Candido, após a apresentação. “Nossa orquestra tocou aqui em Suzano com muito amor e nós agradecemos o carinho com que fomos recebidos”, disse.

O prefeito também destacou a importância da iniciativa da Clariant. “O concerto se soma aos esforços da Prefeitura nas políticas culturais desenvolvidas no município. E o fato de o projeto atender crianças e jovens da cidade é muito importante”, destacou.

O diretor da fábrica de Suzano, Werner Stipecke, também elogiou a estrutura do Armando de Ré e agradeceu a parceria com a Prefeitura. “Agradeço todo o apoio. Vamos trabalhar para ter mais um concerto como este no próximo ano”, afirmou.

Espetáculo
O maestro ressaltou a importância da música clássica e abriu o concerto com o primeiro movimento da 5ª sinfonia de Beethoven. Ele também apresentou a Dança Húngara número 1 e tocou, ao piano, “Eu sei que vou te amar”, de Tom Jobim. A última apresentação foi uma homenagem ao centenário do nascimento do sambista paulista Adoniran Barbosa. A orquestra tocou, acompanhada de um membro da bateria da Vai-Vai, com uma cuíca, o famoso Trem das Onze. A platéia cantou, acompanhando a orquestra.

“Quando vejo crianças e adolescentes entusiasmados com a música clássica, eu vejo que a música tem uma missão muito grande no nosso País”, afirmou o maestro, durante a apresentação.



Fotos: WANDERLEY COSTA/SECOM-SUZANO
Fonte: Alexandre Trindade SECOM Suzano

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo