O alicerce da moderna Biblioteca de São Paulo sepulta milhares de histórias. Reais! Inglória face na arte de reeducar e reintegrar. No Complexo Carand

O alicerce da moderna Biblioteca de São Paulo sepulta milhares de histórias. Reais!

Inglória face na arte de reeducar e reintegrar. No Complexo Carandiru, muito mais que 111 agonias circularam entre muros e barras de ferro, diuturnamente, durante mais de seis décadas. Reduzida a pó, restaram amargas lembranças. Não poucas.

Em seu lugar, ergueu-se acolhedor abrigo. A casa dos livros. As histórias não são mais confinadas. Ganharam liberdade. Interagem com quem busca saber.

Recém-inaugurada, a Biblioteca de São Paulo é gerida com novo conceito. Além das obras obrigatórias, os mais de 30 mil livros atendem à solicitação do público, à sua preferência. Ao menos 100 computadores estão disponíveis para os leitores e há, ainda, palestras, shows, oficinas e saraus.

Entre a extensa programação mensal, mais uma atividade estará em ação. Sob a marquise da entrada, o palco e o microfone estarão atentos aos versos e acordes da manifestação popular.

O Sarau da Biblioteca de São Paulo chega para somar entre os mais de 60 recitais espalhados pela região metropolitana.

Mas o que é um sarau?

É um espaço livre onde as palavras impressas ganham voz. É o lugar onde a poesia torna-se expressão. Onde a alma do escritor anônimo aflora.

Sem preconceitos de temas ou formas, criação nenhuma é rejeitada. Antes, aplaudida. É a comunhão daqueles que procuram dialogar consigo e com o mundo que os cerca. Incentivo à leitura! Quem lê não mosca, voa mais alto!

O Sarau da Biblioteca de São Paulo, que fica ao lado da Estação Carandiru do Metrô, estreia no sábado, 19 de junho, das 16 às 18 horas. Os encontros serão semanais e abertos a todo segmento artístico.

A literatura, em especial a poesia, vive momento único, acumulando mais e mais adeptos. Aos amantes e guerreiros, temos, assim, mais um recanto para exercitá-la.

A palavra é um cavalo sem sela. Se bobear, ela derruba. Mostre a cara. Dê voz ao seu poema! Cavalgue essa ideia!

Contamos com sua participação!


Serviço

Sarau da Biblioteca de São Paulo

Dia 19 de junho, às 16h
Biblioteca de São Paulo
Parque da Juventude
Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – Santana – São Paulo (SP)
Tel.: (11) 2089-0800
Site:
www.bibliotecadesaopaulo.org.br
Blog:
www.bibliotecadesaopaulo.blogspot.com
Twitter:
www.twitter.com/spbiblioteca


Readaptação: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá