Suzano terá circuito Sesc em junho‏


A praça João Pessoa, no centro de Suzano, será palco do Circuito Sesc de Artes 2011, que trará ao município uma série de manifestações artísticas gratuitas, no dia 2 de junho. As apresentações de artemídia, artes visuais, circo, dança, literatura, música e teatro terão início às 15h. A vinda dos espetáculos se deve a mais uma parceria da Prefeitura com o Serviço Social do Comércio (Sesc), que para o secretário municipal de Cultura, Walmir Pinto, tem uma linguagem cultural muito próxima à política cultural do município. “O Sesc busca valorizar artistas que não estão na mídia convencional, mas que têm um trabalho consistente, sério, forte”, disse. “Fico feliz por esta parceria, queremos aprofundá-la ainda mais”, completou.

Às 15h, haverá a intervenção “Travessia”, com o Grupo Caixa de Imagens. No espetáculo, uma boneca de aproximadamente 10 centímetros assume a personagem de uma florista, que oferece poesia com melodias executadas ao vivo. No mesmo horário, Josué Mattos fará a performance “Crédito ou Débito?”, em que negociará com o público a troca, compra e/ou venda de conversas, gestos, textos ou objetos simbólicos, discutindo questões sobre a sociedade de consumo e o mercado de arte.

A apresentação circense será “La Metereológica”, com o Circo Da Vinci, às 16h30, que trará cenas de malabarismo, monociclo, equilíbrio e palhaços, musicados com vários ritmos. Em seguida, a Quik Companhia de Dança mostrará o espetáculo “Ressonâncias”.

Às 18h, o Grupo Circo Branco apresentará “Auto da Paixão”, que faz uma refinada recriação das procissões, reisados e pastoris, como nas festas populares nordestinas, num misto de sagrado e profano, com repertório de toadas populares.

No mesmo horário, haverá a apresentação de artemídia “Simbiose”, de Roberta Carvalo. O espetáculo de projeção digital em copas de árvores se propõe a discutir as relações entre homem, arte e natureza.

O encerramento do Circuito Sesc será às 19h, com a apresentação do cantor, compositor e rabequista Siba Veloso, ex-líder da banda de forró Mestre Ambrósio, junto à banda A Fuloresta (o mais importante polo de maracatu rural, em plena zona da mata pernambucana). O show terá um rico repertório de canções que mesclam ciranda, coco de roda, maracatu de baque solto, samba e frevo, em composições que traduzem situações comuns do cotidiano nordestino.

A abertura do espetáculo será feita por um videorrepórter (ou vídeo-jornalista), com a projeção de uma reportagem feita a partir de entrevistas sobre as práticas culturais da cidade. (Com informações da Coordenadoria de Comunicação do Sesc São José dos Campos)

Programação
2 de junho (quinta-feira)

Local: Praça João Pessoa
15h: Jogo Acervo (oficina - Sesc)/ Travessia (intervenção - Grupo Caixa de Imagens)/ Crédito ou Débito? (intervenção - Josué Mattos)
16h30: La Metereológica  do Circo da Vinci (circo - Circo da Vinci)
17h30: Ressonâncias (dança - Quik Cia de Dança)
18h: Auto da Paixão (teatro - Circo Branco)/ Simbiose (artemídia - Roberta Carvalho)
19h: Videorreporter (projeção)/ Siba e Fuloresta do Samba (música)

Fonte: SECOM (Secretaria de Comunicação Suzano)
Postagem: Magno Oliveira

Comentários

  1. Anjo meu!
    Vim matar as saudades e agradecer a tua compreensão com a minha falta de tempo.
    Para que me perdoes, deixo um lindo poema:

    Amigo Virtual

    © Letícia Thompson


    Vou abrir as portas

    Do meu computador!

    Entre!!!

    Traga pra mim

    Esse gostoso riso

    Que nunca ecoa!

    Conte pra mim

    Suas velhas histórias,

    Deixa que eu me deite

    Em seus ombros invisíveis

    E segure em suas mãos firmes!...

    Não sei olhar em seus olhos,

    Mas sei sentir seu olhar,

    E suas palavras

    Entram direitinho

    No meu coração.

    O mundo parece tão pequeno

    Atrás dessa rede!

    Ah! Você vem

    E eu nem sei de onde,

    Sem passaporte

    Atravessa as fronteiras

    Do limite do impossível,

    Traz paz e consolo,

    Uma palavra, um verso

    E coloridas flores

    Sem perfume,

    Mas que são bálsamo

    Para a alma!...

    Vou abrir minha casa

    Para que você entre!...

    Tome um café com bolo,

    Me conte de você,

    Permita que eu ria seus risos,

    E deixe que eu seque suas lágrimas,

    Se preciso for.

    Você não é apenas um nome

    Que se esconde atrás de um arroba,

    Você tem alma

    E asas,

    Como os verdadeiros anjos...

    Você tem um "eu"

    Que precisa e deve

    Ser respeitado,

    Que precisa e deve

    Ser amado.

    De virtual, na verdade,

    Você não tem nada!!!

    Claro!!!

    Meu café não tem sabor

    E meu bolo não é doce,

    Quando virtual,

    Mas meu carinho

    E meu amor

    São, nessa rede toda,

    Tudo o que tenho de mais real.

    Então...

    Entre sem bater!!!

    Sente-se!

    Tem café, bolo

    E minha amizade

    Esperando por você

    Atrás da tela

    Desse meu computador.



    Meu carinho,

    ANJO SEDUTOR, SEDUZIDO, MALUQUINHO E REBELDE

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”