Poá contou com Festa do Circo no seu aniversário



Na última quarta-feira (26), Poá completou 65 anos de emancipação política administrativa. Durante este mês, uma vasta programação esportiva e cultural celebrou esta data.
Por aqui passou Nelson Freitas, apresentando Stand up Comedy, exposição sobre DaVinci, espetáculo de dança e teatro e também o cantor de forró Frank Aguiar, e o sertanejo Daniel.




Mas não foi só arte, teatro música e dança que a grade de programação do evento teve, os poaenses tiveram um fim de semana repleto de atrações circense no sábado (22) e no domingo (23).

A Associação Brasileira de Apoio as Artes Cênicas, produziu a Festa do circo na Praça dos Eventos com uma maratona de atrações circenses, desde ás 10 horas da manhã até as 22 horas.
No roteiro da festa rolou apresentação de vários grupos da região, a zona leste contribuiu com o evento. De lá vieram a maior quantidade de atrações, ao longo das 24 horas ( 12 em um dia e 12 no outro) de apresentações.

Esta foi a 1° edição da Festa do circo, o Secretário Douglas Aspasio nos explica o porque de incluir no calendário de festividade.

- Por que houve a inclusão da Festa da Circo na programação de aniversário da cidade?

''Desde o ano de 2013, nós temos na Secretaria de Cultura, aulas de técnica circense. Então nós entendemos que é importante mostrarmos e apresentar para a população, porque os mais jovens desconhecem esta arte do circo, é uma arte que a gente também tenta resgatar, porque vêm diminuindo com o tempo. 
Era muito comum há 30, 40 anos atrás, as cidades reabrirem circos, e atualmente a gente não vê mais esse tipo de eventos acontecendo, principalmente nos grandes centros e a gente tem essa preocupação em resgatar e mostrar para os mais jovens, esta arte popular que encanta principalmente as crianças.
A Secretaria de Cultura de Poá possui parceria com a ABRAAC desde o ano passado, Rosicler ministra aulas de técnicas circense na Praça dos Eventos.''

A reportagem do Folhetim Cultural esteve presente na apresentação das 17 horas , do Reco-Reco e sua turma. Segundo dados do Folhetim, nesta apresentação a média de público foi de 200 pessoas, entre este público, teve a presença de crianças, adolescente, adultos e pessoas da terceira idade.

Edição e revisão: Fábio Akira
Matéria: Magno Oliveira
Foto Internet

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo