Poema de Manuela Miler

O título o leitor escolhe

'Mais saudades e isto mesmo é o passar  e o repassar das memórias antigas ... Me pego no vazio com o silêncio dos últimos dias, que não me fez compreender nada, e agora o que sinto são apenas saudades, saudades de tudo o que poderia ocorrer um dia ...

E assim soam as suas meias palavras, perguntas curiosas, as respostas vagas dessas sua vida tão medrosa ...

Medo era algo que mais contia em você, por mais que me sia dizer era o seu defeito que eu mais gostava um defeito que me fazia enlouquecer mais no mesmo tempo me tranquilizava ... 

Me tranquilizava de uma maneira que não dá para entender só, sei que lá no fundo eu amava você " 

Manuela Miler

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”