Expressionismo é tema de palestra da Fundação Pró-Memória

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul promoverá a palestra EXPRESSIONISMO: Modernidade Visceral no próximo dia 19, às 19h, na Pinacoteca Municipal (Av. Dr. Augusto de Toledo, 255, Bairro Santa Paula).




O termo expressionismo tem sentido histórico preciso ao designar uma tendência da arte europeia moderna, enraizada em solo alemão, entre 1905 e 1914. Para os expressionistas, a arte liga-se à ação, muitas vezes violenta, por meio da qual a imagem é criada com o auxílio de cores fortes - que rejeitam a verossimilhança - e de formas distorcidas. Perseguido pelos nazistas em 1933 como "arte degenerada", o expressionismo é retomado após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), num contexto de crítica ao facismo e de tematização dos horrores da guerra, cujo exemplo maior é Guernica, de Pablo Picasso.
A palestra, ministrada pela jornalista, historiadora e colaboradora da Fundação Pró-Memória, Mariana Zenaro, pretende, portanto, abordar os aspectos históricos, sociais e culturais acerca desse movimento artístico, assim como suas referências e seus precursores. Também serão discutidas as reverberações do expressionismo no Brasil, que tem como representantes Anita Malfatti, Lasar Segall, Flávio de Carvalho, Oswaldo Goeldi e Iberê Camargo. São oferecidas 70 vagas. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo email eventos@fpm.org.br ou pelo telefone 4223-4780 até o dia da palestra.
Fonte: Fundação Pró-Memória - Marília Tiveron
Postagem: Dhyne Paiva

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá