Palestra sobre vanguardas da arte moderna fecha ano da Pró-Memória‏

A última palestra sobre história da arte, promovida pela Fundação Pró-Memória em 2014, será Vanguardas de Arte Moderna: o fascínio da heresia, realizada na próxima quinta-feira (4/12), a partir das 19h, na Pinacoteca Municipal (Av. Dr. Augusto de Toledo, 255, Bairro Santa Paula).
O termo arte moderna engloba as vanguardas europeias do início do século 20, como cubismo, construtivismo, surrealismo, dadaísmo, entre outros. O uso metafórico de vanguarda também data da mesma época, sendo reservado a assuntos políticos pelos anglo-americanos, e aplicado no francês no sentido de liderança cultural e artística.
O termo vanguarda foi deslocado para as artes e aplicado aos movimentos artísticos que produzem ruptura de modelos pré-estabelecidos. Ele acompanhou o deslocamento do eixo da produção artística de Paris para Nova York após a Segunda Guerra Mundial (1939 - 1945). No Brasil, a arte moderna - modernista - tem como marco simbólico a produção realizada sob a égide da Semana de Arte Moderna de 1922. Já existe na crítica de arte brasileira uma considerável produção que discute a pertinência desse evento como divisor de águas.
Ministrada por Mariana Zenaro, a palestra traçará a gênese dos movimentos de vanguarda de arte moderna e seus contextos sociais, culturais e históricos. Serão oferecidas 70 vagas. As inscrições, livres e gratuitas, já estão abertas e podem ser feitas pelo email eventos@fpm.org.br ou pelo telefone 4223-4780.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá