Poá Feliz aniversário! Homenagem do Folhetim Cultural

Neste dia 26 de Março Poá completa mais um aniversário de emancipação política. 

Poesia: Poá

Os casais de mãos dadas andando,

Os carros, as motos passando.
As pessoas paradas
As pessoas emocionadas
As pessoas atravessando a rua,
Algumas falando da lua,
Algumas cheias de alegria
Outras fazendo o resumo do dia.
Ainda há pessoas lendo jornais
Algumas querendo muito mais.
Há pessoas correndo
Há pessoas morrendo
Algumas chorando
Outras amando.
Todas essas pessoas em Poá
Lugar melhor para viver: Não há.

Poá ainda no tempo que era distrito de Mogi das Cruzes



Sobre a Poesia

Foi escrita no ano de 2008, o poeta trabalhava pela JUCIP (Juventude Cívica Poaense) no C.I.M (Centro de Informação Municipal), que se localizava no Centro da cidade, nas horas vagas Magno escrevia. Muitas poesias foram escritas naquele espaço, que hoje não existe mais. Seu coordenador na época o incentivava a escrever e a se dedicar ao jornalismo lhe contando histórias e dando lhe conselhos, mas a morte de Alberto Dias prematura em 2011, os separaram de vez.

Sentado na mesa de Alberto Dias, seu coordenador Magno Oliveira começou a reparar em volta e então a Av. Brasil, Rua 26 de Março, Av. Jorge Allen são retratados com as imagens neste texto que sem dúvida é um patrimônio cultural da cidade.

Em 2009 a poesia Poá saiu da gaveta para participar de uma exposição no Centro Cultural Taiguara, fez assim parte das festividades da cidade, por um período a poesia ficou exposta na recepção da Secretaria de Cultura de Poá. A poesia está publicada em sites e blogs.

Sobre Poá

Poá é um município brasileiro do estado de São Paulo. A população em 2010 segundo o Censo demográfico é 106.033 habitantes e a área é de 17 km², o que resulta numa densidade demográfica de 6.627,06 hab/km². É considerada uma estância hidromineral e turística.

Sobre Magno Oliveira

Magno Oliveira nasceu no dia 1º de Maio de 1992, na cidade de Santa Isabel, filhos de pais separados veio morar na cidade de Poá no ano 2000, onde vive até hoje com sua família. Em 2006 começou a fazer poesias e a partir de 2009 de forma profissional, tendo a poesia Amazônia publicada na primeira edição do Jornal Mídia Ambiental, no mesmo ano, com a poesia como vou parar de lhe amar? Participou de um concurso de poesias tendo recebido diploma de honra ao mérito por participação. No ano de 2010 criou com o radialista Bruno Martins o blog Folhetim Cultural o qual administra atualmente. Em 2011 participou do primeiro concurso de poesias Augusto dos Anjos, teve a poesia Heroico Sorriso selecionada e ela faz parte do livro Antologia Poética do 1º Concurso de Poesias Augusto dos Anjos.

Muitas poesias suas estão publicadas em várias revistas digitais e blogs.

Twitter: @oliveirasmagno
Curta Magno Oliveira no Facebook

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá