Chá das 5 com David White: Por Onde Andam Teus Olhos

David White escreveu seu primeiro poema quanto tinha 15 anos. Pretende estudar filosofia e divulga seus textos pela primeira vez. Vive em Poá - SP desde que nasceu.


Por Onde Andam Teus Olhos

Por onde andam teus olhos
Anil que me guiou na escuridão
Clarão que dominava meus sentimentos
Que me fazia rebento delirar pelos dias

As alegrias que me fizeram decorar teus sorrisos
E teus risos que musicavam minhas noites
Tu que me fizeste pequeno
Em desalento me encontro agora

Se outrora tinha teu norte
Cá me jogaste a sorte que já não tenho
E agora de misérias esperanças me mantenho
Se na escuridão do quarto me fizeste rei do teu corpo

Em outro quarto me mantenho absorto
Mas a escuridão é a mesma e me fez réu e prisioneiro
Invadiu as flores no meu canteiro
E até a lua que era linda e formosa
Abandonou-me e agora? Queixo-me as rosas

Autor: David White

Acompanhe a programação do Chá das 5:

Segunda-feria: Roberto Prado - Blog ETC & Basta



Terça-feira: Beto Ribeiro



Quarta-feira: Magno Oliveira - Poeta Magno Oliveira



Quinta-feira: Dhyne Paiva - Liberdade de Expressão



Sexta-feira: David White.



Twitter: @folhetimcultura

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá