Flip confirma a participação de Carol Ann Duffy e Edney Silvestre


Poeta e dramaturga Carol Ann Duffy é a primeira mulher na história
laureada pela rainha do Reino Unido e o brasileiro Edney Silvestre é o vencedor do mais recente Prêmio Jabuti na categoria Melhor Romance
Um dos nomes de maior projeção da língua inglesa na atualidade, a escocesa Carol Ann Duffy é a mais importante expoente da poesia da 9ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip).  Também o jornalista e escritor Edney Silvestre, que anualmente faz a cobertura do evento, desta vez marcará presença como um dos autores brasileiros convidados para o encontro que acontecerá entre os dias 6 e 10 de julho naquela cidade fluminense.
 Carol Ann Duffy
Nascida em Glasgow, Escócia, em 1955, Carol Ann Duffy reside atualmente na Inglaterra, onde é professora de Poesia Contemporânea e Diretora de Escrita Criativa na Universidade Metropolitana de Manchester. Escritos em linguagem acessível, seus poemas tratam de questões como a opressão, o sexo e a violência, tendo se popularizado nas escolas inglesas.  
 Autora de diversos livros de poemas, incluindo os títulos (ainda não lançados no Brasil) Standing Female Nude (1985) - Prêmio Scottish Arts Council; Selling Manhattan (1987) - Prêmio Somerset Maugham; Mean Time (1993) -  Whitbread Award;  Rapture (2005) – Prêmio T. S. Eliot Prize, Carol Ann Duffy é também uma aclamada dramaturga, tendo peças encenadas no teatro de Liverpool e Almeida Theatre, em Londres. Her plays include Take My Husband (1982), Cavern of Dreams (1984), Little Women, Big Boys (1986) and Loss (1986), a radio play. Seus trabalhos incluem Take My Husband (1982),Cavern of Dreams (1984), Little Women, Big Boys (1986) e Loss (1986), um programa de rádio. Foi, também, crítica de poesia para o The Guardian (1988-1989) e editora da revista Ambit.
 Foi a primeira mulher laureada, em 2009, pela Rainha do Reino Unido. Uma das missões de um laureado é escrever poemas para celebrar ocasiões de Estado e eventos envolvendo a Família Real, como aniversários e mortes. Historicamente, o cargo era vitalício mas o então primeiro-ministro Tony Blair estabeleceu em 1999 um mandato de 10 anos.
 Edney Silvestre
Com um currículo em que acumula a cobertura de guerras, atentados e acontecimentos históricos internacionais, Edney Silvestre estreou na ficção em 2010 com grande êxito. O livro Se eu Fechar os Olhos Agora venceu, no ano passado, o Prêmio São Paulo de Literatura na categoria Autor Estreante e conquistou o prestigiado Prêmio Jabuti como Melhor Romance.
A obra narra a investigação de um crime brutal durante o período da ditadura brasileira. A história começa em 1961, quando dois meninos de 12 anos da classe média baixa carioca encontram o corpo dilacerado de uma mulher às margens de um lago. Incomodados e assustados com a cena, chamam a polícia e não se contentam com a explicação oficial para o crime, que culpa o marido da jovem. A partir desse momento, o autor conduz com sensibilidade a busca desses jovens pela verdade, o que acaba por modificar e emancipar a chegada deles à vida adulta.
 O escritor e jornalista publicou, ainda, os livros Dias de cachorro louco e Outros tempos, ambos de crônicas, pela Record, e Contestadores, pela Francis. Está incluído nas coletâneas Conversations with John Updike (University Press of Mississipi); As grandes entrevistas de O Globo, Milênio O livro das grandes reportagens (Globo).
 Além deles, a Flip 2011 - que homenageia um dos ícones do modernismo literário brasileiro, Oswald de Andrade - já confirmou as presenças dos escritores Héctor Abad, Laura Restrepo, Michel Houellebecq, João Ubaldo Ribeiro, James Ellroy, Antonio Tabucchi, Claude Lanzmann, David Remnick, Joe Sacco, Emmanuel Carrère, Andrés Neuman, valter hugo mãe e Pola Oloixarac. Todos estarão reunidos em Paraty entre os dias 6 e 10 de julho.
Mais informações no site da Flip: www.flip.org.br
Fonte: A4 Comunicação 
Revisão e postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”