Show de humor "Nelson Freitas e Vocês" lota Teatro Armando de Ré


Suzano abriu em grande estilo e com alto astral a programação em comemoração ao aniversário de 62 anos. O show do humorista Nelson Freitas lotou o Teatro Municipal “Dr. Armando de Ré”, na noite de sábado (2/4), e o artista foi aplaudido de pé por uma platéia calorosa.

Nelson, que é mogiano, se apresentou pela primeira vez em Suzano. Ao iniciar o espetáculo, o artista fez elogios à política de cultura implementada pela atual administração municipal. “Fiquei impressionado com o trabalho desenvolvido aqui pelo prefeito Marcelo Candido e sua equipe. E são poucos lugares nos quais encontramos um trabalho sério na área de cultura”, salientou.

O humorista começou a apresentação falando sobre as diferenças entre homens e mulheres e arrancou gargalhadas da platéia ao dar conselhos ao público masculino sobre como manter um relacionamento. “Diga sempre ‘sim’. Antes mesmo dela falar, já diga ‘sim’. Se ela disser, estou pensando... Diga ‘sim’”.  

As piadas relacionadas às canções infantis também foram destaque no espetáculo, que durou cerca de uma hora. “Nós brasileiros somos vencedores, por termos chegado à idade adulta com esta auto-estima depois de ouvir Boi da Cara Preta ou Nana Nenê que a Cuca vem pegar. Isso não é uma música de ninar, é uma ameaça à pobre criança”.



O prefeito Marcelo Candido, que também foi alvo das piadas, saiu satisfeito do espetáculo. “Iniciamos muito bem as festividades em comemoração ao aniversário da cidade”, ressaltou ao salientar a diversidade da programação e a importância de a população participar de todas as atividades.

Nem mesmo a falta de ingressos, que obrigou parte do público a assistir o show por meio de um telão instalado pela Secretaria de Cultural no hall do teatro, tirou o brilho da abertura oficial da festa dos 62 anos. Sabendo aproveitar bem o fato, Nelson Freitas interagiu com as duas platéias (a de dentro e a do hall) e ao final do espetáculo foi ao encontro do público do lado de fora. “Eu achei o maior barato o povo vendo meu show pelo telão. E ouvir as risadas do lado de fora foi muito inusitado para mim. Tive que ir lá fora ver aquelas pessoas pelos meus próprios olhos” disse.

FOTOS: Arnaldo Nunes
Fonte: Imprensa - Suzano
Revisão e postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo