Sentires Poéticos por Ianê Mello


Por Ianê Mello


LOUCOS POETAS

"A diferença entre um poeta e um louco é que o
poeta sabe que é louco...
Porque a poesia é uma loucura lúcida."
Mario Quintana

Para Mario Quintana

Profundas nossas palavras
que gotejam emoção
como se fossem lavas
de um vulcão em erupção
Viscerais e pungentes
arrancadas de nossa alma
Sentimentos tão urgentes
que necessitam de expressão
e não ponderam a calma
O papel é o veículo
para nossa exortação
O instrumento precípuo
à nossa liberação
Súplicas podem ser
e urgem serem ouvidas
a quem as quiser ler
para que sejam sentidas
Gritam eloquentemente
saltando aos olhos de quem lê
Não há de ser mansamente
que expressaremos o sofrer
Seremos por isso dementes
estando sempre a mercê
de críticas incoerentes?

Nos sabemos loucos
como bem disse Quintana
Nos importarmos pra quê?
Se nossa mente é insana,
a lucidez ... é pra poucos.



E-mail do Folhetim Cultural: folhetimcultural@hotmail.com
Twitter de Ianê Mello: http://twitter.com/#!/ianemello
Twitter do Folhetim Cultural: http://twitter.com/#!/FolhetimCultura

Página do Folhetim Cultural no Facebook: http://www.facebook.com/pages/Folhetim-Cultural/306412726048485?sk=wall

Facebook Ianê Mello: http://www.facebook.com/iane.mello

Todas ás segundas feiras aqui no Folhetim Cultural ás 20 horas Sentires Poéticos!

Comentários

  1. Cierto lo que dice tu poema. Somos locos lúcidos especialmente porque decimos lo que sentimos y tratamos de vivir como queremos. Con mas locos poetas el mundo cambiará y será mas coherente con la verdad. Obrigado

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo