Valsa nº6

Montagem com direção de Eric Lenate compõe o calendário de comemoração ao centenário de Nelson Rodrigues.


(Crédito foto: Roberta Vaz)

Drama da fase psicológica de Nelson Rodrigues (1912-1980) e escrito em 1951, Valsa nº 6 é construído sobre um sólido caminho de musicalidade textual e imagética, tornando-se um belo poema dramático e cênico de formalidade exemplar na dramaturgia brasileira.

Com estreia prevista para 3 de agosto (sexta-feira), às 21h, no Teatro Décio Almeida Prado, em São Paulo, a nova montagem traz no elenco Renata Calmon como Sônia, sob o olhar do jovem diretor Eric Lenate

Único monólogo escrito pelo autor de “Vestido de Noiva”, “Os sete gatinhos” e o emblemático “Boca de Ouro”, Valsa nº 6 é a narrativa de uma memória em que tempo e espaço se deslocam constantemente para se contar a angústia de uma garota de quinze anos. Entre obscuras lembranças, Sônia evoca o seu suposto assassinato. Na busca incessante por saber quem é e onde está, a personagem dá vida e voz a outras figuras que formam o universo do seu subconsciente: os pais, o médico da família, as criadas da casa, o homem por quem é apaixonada e as comadres da vizinhança. Nessa eufonia de vozes, Eric Lenate constrói o retrato de um ser que escapa da previsibilidade.

A montagem acontece no que pode parecer o ambiente efêmero e insustentável de um triste velório, dentro de uma aparente casa vazia e abandonada, habitada pelo espectro do que um dia foi uma alegre e pulsante menina. Tudo o que resta são pedaços espalhados e conflitantes de um quebra-cabeça aparentemente insolúvel.

Valsa nº 6 segue em curta temporada até 12 de agosto, sextas e sábados (21h) e domingos (19h), no Teatro Décio de Almeida Prado. Mais três apresentações acontecem no Teatro Zanoni Ferrite, entre os dias 24 e 26 de agosto, sexta e sábado, às 20h e domingo, às 19h. 

O projeto foi escolhido pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo para fazer parte de da mostra “Agosto Cem Nelson”, em comemoração aos 100 anos do dramaturgo, escritor e jornalista recifense Nelson Rodrigues (1912-1980). 

Renata Calmon – Atriz 

Estudou teatro amador no Colégio Miguel de Cervantes, com Aury Porto, atual membro da Cia Livre. Formou-se na Escola de Arte Dramática (2011) e no Teatro Escola Célia Helena (2004). Fez um ano da École Philippe Gaulier, onde estudou tragédia, melodrama, Shakespeare, Tchekov, máscaras, bufão e clown. No Estúdio Nova Dança, onde estudou por dois anos, aprendeu a linguagem da dança contemporânea associada à improvisação e ao trabalho de palhaço com Cristiane Paoli Quito e Tica Lemos. Trabalhou com os diretores Marco Antônio Rodrigues, Marco Antônio Pâmio, Ruy Cortez, Nelson Baskerville, Bete Dorgan, André Pink, dentre outros. Fez o longa-metragem “Linha de Fuga”,de Alexandre Stockler. Dentre as peças profissionais que realizou nos últimos oito anos estão: “Nunca se Sábado”, no Teatro Folha, “Do Espanto ou como eu ia saber que as rosas eram carnívoras?”, direção de Antônio Vanfill, no Next;“Querô” , direção de Fransérgio Araújo no Teatro Oficina; “Tristão e Isolda”,direção de Vladimir Capella, no SESI; “Tebas”, direção de Luís Mármora, no Tusp; e, em 2011, produziu, traduziu e atuou na peça “O Contrato”, dirigida por Zé Henrique de Paula, que obteve um grande reconhecimento da crítica. Seu próximo trabalho será “Casa/Cabul”, também do mesmo diretor, com estreia prevista para Outubro de 2012.

Eric Lenate – Direção 

Ator e diretor de teatro, Eric Lenate é um dos nomes promissores da nova geração da cena teatral brasileira. Com 29 anos e uma trajetória de mais de dez anos de experiência, trabalhou com Reginaldo Nascimento e Mário Bortolotto, até ingressar no CPT - Centro de Pesquisa Teatral em 2005, sob a direção de Antunes Filho. Com o Grupo Macunaíma participou das montagens “O Canto de Gregório”, de Paulo Santoro; “A Pedra do Reino”, de Ariano Suassuna e “Senhora dos Afogados”, de Nelson Rodrigues. Sua estreia profissional como diretor se deu com o espetáculo “O céu 5 minutos antes da tempestade”, com texto de Silvia Gomez, integrante do Círculo de Dramaturgia do CPT. Sucesso de público e crítica, o espetáculo esteve em cartaz durante todo o ano de 2008 e foi nomeado para diversos prêmios importantes, incluindo o Shell e o Qualidade Brasil. Dirigiu os espetáculos “Natureza Morta”, de Mário Viana, e “Celebração”, do inglês Harold Pinter, premiado no 13º Cultura Inglesa Festival como Melhor Espetáculo Adulto. Recentemente, fez sua estreia no longa-metragem “No Olho da Rua”, com direção de Rogério Corrêia, atuando ao lado de Murilo Rosa, Paschoal da Conceição, Gabriela Flores e Leandro Firmino.

Ficha técnica:
VALSA Nº6
De: Nelson Rodrigues
Direção, Cenografia e Iluminação: Eric Lenate
Elenco: Renata Calmon
Assistência de direção: Juliana Calderón
Figurino: Rosângela Ribeiro
Fotografia: Roberta Vaz
Serviço:
TEATRO DÉCIO DE ALMEIDA PRADO
De 3 a 12 de agosto de 2012
Sexta e sábado às 21 horas, e domingo às 19 horas
Entrada Gratuita
Classificação: 12 anos
Lugares: 186
55 minutos
Possui Ar Condicionado
Acesso a portadores de necessidades especiais: Parcial
Não possui estacionamento
Rua Cojuba, 45 B, Itaim Bibi– São Paulo/SP
Contato: (11) 3079-3438

TEATRO ZANONI FERRITE

De 24 a 26 de agosto de 2012
Sexta e sábado às 20 horas, e domingo às 19 horas
Entrada Gratuita
Classificação: 12 anos
Lugares: 201
55 minutos
Possui Ar Condicionado
Acesso a portadores de necessidades especiais: Total
Não possui estacionamento
Avenida Renata, 163, Vila Formosa – São Paulo/SP
Contato: (11) 2216-1520
Venda de ingressos: na bilheteria (terça a domingo das 14h às 19h), pelo tel. 4003-2050 (Ingresso Rápido) ou On-line pelo site Ingresso Rápido.
OBS: Em dias de espetáculos, a bilheteria funciona até 20 minutos após o início da sessão.
A escolha de lugares ocorre exclusivamente em eventos com cobrança de ingresso acima de R$1,00 e até uma hora antes do início da apresentação. Nos demais casos o sistema gerará automaticamente o ingresso.

Fonte: Baobá Comunicação
Postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo