Escola Portátil de Música

EscolaPortatilEstão abertas as inscrições para 2011 na Escola Portátil de Música! Trata-se de uma das mais conceituadas instituições do país. A data limite é 14/1 e as inscrições devem ser feitas, exclusivamente, através do sítio da EPM.
Os professores são gente do quilate de Cristovão Bastos, Celsinho Silva, Jorginho do Pandeiro, Mauricio Carrilho, Luciana Rabello, Nailson Simões, Marcus Thadeu, Amélia Rabello, Bia Paes, Ignez Perdigão , Oscar Bolão, João Lyra, Luiz Flavio Alcofra e Jayme Vignoli.
Abaixo, mais um pouquinho sobre a EPM.
escolaportatildemusica“Criada em 2000 a partir da necessidade de passar adiante seus conhecimentos sobre o
Choro, a Escola Portátil de Música vem, desde então, protagonizando uma história de crescimento e sucesso. O que começou com cerca de cinqüenta alunos na Sala Funarte, hoje conta com 800 alunos de flauta, clarinete, saxofone, trompete, trombone, contrabaixo, violão, cavaquinho, bandolim, pandeiro, percussão, bateria, piano, canto e canto coral— sem falar das aulas de apreciação musical, harmonia, leitura rítmica, composição, acompanhamento de Samba, Inéditas de Paulo César Pinheiro etc. A formação musical oferecida pela Escola Portátil de Música é completa (teórica e prática), dando ao aluno formado a possibilidade de trabalhar dentro de qualquer estilo musical, não apenas do choro. Por isso tantos candidatos buscam se matricular a cada ano, atraídos pela proposta inédita de promover a educação musical por meio da linguagem do choro. O objetivo da EPM é dar ao aluno fundamentos educacionais, profissionais, sociais e emocionais, para que ele possa trilhar uma carreira de sucesso e uma vida produtiva como artista e como cidadão. Venha fazer parte da Escola Portátil de Música!”

Postagem: Magno Oliveira
Fotos: Brasil Cultura

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”