Gravuras de Humor animam exposição na Casa da Estação


Traços exagerados, personalidades de diversos segmentos e muito bom humor, assim podem ser definidas as gravuras que fazem parte da mais nova exposição no Centro Cultural Casa da Estação de Poá.
 A exposição com desenhos divertidos teve início nesta segunda-feira, dia 29, e conta com 35 gravuras, feitas por seis artistas plásticos do município e região. Juntos, porém, cada um com seu estilo, Shirley Casarine, Salema, Mago, Renato Marques, José Carlos e Danilo dos Santos apresentam caricaturas, desenhos de humor, desenho de artistas e mangás.
As boas doses de sátira podem ser conferidas gratuitamente até o dia 10 de dezembro na Casa da Estação, que está aberta de segunda à sexta-feira, das 08 às 17 horas e situada na Praça Atílio Santarelli, região central da cidade.

Comentários

  1. Este twitter foi enviado pelo @leonardosuzano para o twitter @oliveirasmagno e você também pode enviar o seu para o twitter e você participa aqui.

    Caro @oliveirasmagno, parabéns pela iniciativa do blog. É isso mesmo. Temos que buscar canais alternativos para difusão da cultura regional.

    ResponderExcluir
  2. Também pelo twitter enviado pelo Clic Mais
    Muito bacana seu blog, cadastre-se no nosso portal e comece a indicar seus posts. Divulgaremos, abraços...

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela visita! É sempre bom saber que alguém se dedica a divulgar fatos e atos da cultura! Virei sempre aqui! Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá Keila dinada. Este trabalho que eu faço é completado por vocês leitores.. Esperarei sempre. Abraços
    Ass: Magno Oliveira
    Folhetim Cultural

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”