Museu de Arte Sacra de SP traz exposição sobre o Divino para Mogi

Mostra reúne cerca de 50 Divinos do acervo do MAS e será realizada na histórica Igreja da Ordem Primeira do Carmo, até o dia 24 de maio, com entrada gratuita

Esta é uma das 50 obras em exposição 

Na semana em que a cidade de Mogi das Cruzes der início a mais uma edição da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes, tradicional evento da igreja católica, o Museu de Arte de Sacra de São Paulo (MAS-SP) - equipamento da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo -, inaugura a exposição temporária "Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes", com curadoria de Maria Inês Lopes Coutinho, em comemoração à tradicional festividade mogiana. De 12 de maio a 24 de maio, o público vai poder conferir cerca de 50 Divinos do acervo do MAS, selecionados especialmente para a festa da Cidade, na Igreja da Ordem Primeira do Carmo, que abriga o Museu das Igrejas do Carmo (MIC). Parte das obras é de autoria do artista Benedicto Amaro de Oliveira (1848-1923), o “Dito Pituba”, nascido em Santa Isabel, na Região do Alto Tietê, e considerado um dos maiores santeiros populares do Brasil. Neste ano, a Festa do Divino será realizada de 14 de maio a 24 de maio, com uma programação que une religião e folclore, sob o tema "Família: Fonte de Amor e Santidade" e tendo como festeiros Célio Roberto Cunha Mello e Maria Isabel da Silva Mello e os capitães de mastro Marcelo e Sueli Braz.


"O Museu de Arte Sacra de São Paulo atende a um pedido dos festeiros e dos capitães de mastro, ao promover essa rica e importante mostra em Mogi, só com imagens do Divino. A única peça diferente é uma figura de Santana, padroeira da Cidade. Um carinho do MAS com o Município", ressalta Roberto Lemes Cardoso, responsável pelos museus de Mogi, que neste momento colabora com o MAS para a realização do evento na Ordem Primeira do Carmo. De acordo com ele, a exposição é composta de diversas vitrines, onde as imagens serão devidamente acomodadas. "Uma dessas vitrines trará imagens do Divino Espírito Santo, assinadas pelo santeiro; uma escultura de ferro com vários patamares, que traz diversas figuras do Divino de diferentes autores. A especialidade de "Dito Pituba", conforme explica Cardoso, eram as obras, conhecidas como "Paulistinhas", que são pequenas imagens religiosas, confeccionadas em barro com altura média de 10 cm a 12 cm. "É um tipo de obra sacra típica do Estado de São Paulo, do final do século XIX. O detalhe das obras de 'Dito Pituba' é que ele costumava assinar as suas obras, o que comprova que é dele".  



O culto ao Divino é uma festa de fé do povo brasileiro. A Santíssima Trindade é formada pelas figuras do Pai, do Filho e do Espírito Santo. O Espírito Santo já foi representado como um sopro, uma pequena chama, um órgão e até mesmo como uma figura feminina em algumas seitas. No Novo Testamento, segundo Lemes Cardoso, o Espírito Santo se manifesta de três formas, sendo uma delas a de pomba, no batismo de Jesus. "Em Pentecostes,  o Espírito se manifestou em forma de línguas de fofo. Entretanto, a imagem da pomba foi a que mais se cristalizou no imaginário popular. Por isso, é a que se costuma usar nesta época".

Para o MAS, é uma oportunidade que o museu de São Paulo tem de participar "desse evento ímpar da Cidade". "Com o acervo selecionado, o Museu reverencia a população e seus tradicionais festejos, possibilitando que um maior número de visitantes possa usufruir desse patrimônio", destaca o MAS.  


Exposição "Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes"


Curadoria: Maria Inês Lopes Coutinho
Período: 12 de maio a 24 de maio
Local: Igreja da Ordem Primeira do Carmo
Endereço: Rua São João s/n - Largo do Carmo, Centro - Mogi das Cruzes
Horário: todos os dias, das 9h às 12h; 13h às 17h
Ingresso: Gratuito 

Postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

Arquivo da Música: Roupa Nova