CHIADO EDITORA LANÇA O LIVGRO FACES DA AJUDA HUMANITÁRIA: A SAGA DE VOLUNTÁRIOS DA CRUZ VERMELHA ESTA SEMANA

Chiado Editora lança livro que mostra quem são as pessoas que se dedicam a prestar serviços humanitários




O livro Faces da ajuda humanitária: a saga de voluntários da Cruz Vermelha, escrito pela jornalista Sibele Oliveira, traz perfis de pessoas que destinam parte de suas vidas para socorrer vítimas de conflitos armados, catástrofes naturais e outros desastres.


A obra, que será lançada no dia 28 de maio, próxima quinta-feira, a partir das 18h30, na Livraria da Vila do Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo, reproduz o dia a dia dos voluntários em campo e suas motivações para conduzir trabalhos árduos, que geram esperança e a possibilidade de um recomeço.

Como a psicóloga Melissa Couto, que teve a dura missão de confortar parentes e amigos dos 242 jovens mortos no incêndio que aconteceu na boate Kiss em 2013, e ajudar os sobreviventes a conviverem com o trauma. E o colombiano David Sanza, que utilizou conhecimentos de diferentes profissões para realizar procedimentos médicos em locais onde não havia médicos, tomou a iniciativa de improvisar um hospital para socorrer os feridos e, em outra ocasião, comandou uma unidade do Corpo de Bombeiros no meio de um conflito entre comunidades indígenas, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o governo colombiano.

Os dez personagens retratados na obra são ou já foram voluntários da Cruz Vermelha, organização que nasceu de um sonho do comerciante Jean-Henry Dunant: viver num mundo onde todos se unissem para diminuir o sofrimento causado pelas guerras. Dunant escreveu o livro “Un souvenir de Solferino” (1862), relatando os horrores que presenciou na Batalha de Solferino (1859). Este livro foi o ponto de partida para a criação da Cruz Vermelha, organização fundada por ele e outras quatro pessoas. Por ter dado vida à instituição, foi eleito um dos ganhadores do primeiro Prêmio Nobel da Paz, em 1901. Sua história também é esmiuçada em Faces da ajuda humanitária: a saga de voluntários da Cruz Vermelha.

A jornalista se propôs a conhecer mais de perto quem realiza os trabalhos humanitários, reconstituindo os fatos ocorridos com riqueza de detalhes e reproduzindo o olhar de quem presenciou um desastre.

“As pessoas estão acostumadas a acompanhar as tragédias pelos noticiários, mas poucas vezes ficam sabendo o que se passa com quem socorre as vítimas. Por isso, quis trazer para o conhecimento de todos o universo desses voluntários. O livro revela os sentimentos – que muitas vezes precisam ser sufocados para não interferir no andamento do trabalho –, as imagens que ficam gravadas na memória e os desafios que precisam ser vencidos para oferecer a melhor ajuda possível”, destaca Sibele.


Sobre o livro:

Chiado Editora

Autora: Sibele Oliveira
Páginas: 302
Preço: R$ 35,00

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

Arquivo da Música: Roupa Nova