Toda a alegria do grupo Travessia



O grupo travessia encontrou mogianos e turistas presentes no teatro Vasques na sexta feira do dia 16 de Abril com a peça Lampião e Maria Bonita no Reino Divino.
O público se divertiu com as curtas piadas dos personagens muito bem representadas pelo bom grupo de atores. Esta peça desde 2000 faz parte do Circuito Cultural Paulista durante este tempo conquistou muitos prêmios.
Ao final da apresentação o público presente aplaudiu de pé a bela apresentação do grupo, Magno Oliveira foi até a cidade de Mogi da Cruzes e ao final da apresentação entrevistou os responsáveis pela peça.


O primeiro entrevistado foi o simpático João Paulo Rodrigues que faz a percussão da peça. Ele contou que com o grupo Travessia é a 2º peça que ele participa.
Magno perguntou o que ele mais gosta na peça e também si ele acha que a revolução cultural é um meio para mudar o rumo da nação. Confira agora as respostas de João Paulo:
O mais legal principalmente neste espetáculo em si é que o público se interage e através da resposta deles é que a gente tenta aperfeiçoar mais o nosso trabalho. Através da cultura é que você leva educação e nós através da cultura levamos respeito, educação, amor ao próximo e responsabilidade eu acho que é isso que está faltando para o Brasil alavancar e arrasar.
Outro entrevistado da noite foi o diretor da peça ele fala como grupo se formou entre outras coisas:
O grupo foi formado em mil novecentos e noventa e nove, tudo começou com um trabalho de responsabilidade social, um trabalho para arrecadar brinquedos para crianças carentes e aos poucos foi crescendo hoje o grupo tem mais de quinze Prêmios de Festival de Teatro nós começamos com este espetáculo em dois mil e quatro. Foi muito gostosa a apresentação, o público foi muito caloroso.
Magno Oliveira perguntou como que o grupo sobrevive? E isso você descobre agora pela resposta do diretor:
O grupo é formado por pessoas de diversas áreas então são pessoas que não sobrevivem do teatro, temos uma equipe hoje formada por engenheiro, administrador, advogado e professor.
Kelvis Germano que é o diretor desta peça é formado em história, o texto da peça é de Ana Maria Dias ela já escreveu roteiros de televisão para a Rede Globo e para o SBT.


Magno Oliveira Também perguntou para Kelvis Germano se a revolução Cultural é um meio para a mudança de pensamento da nação ele também nos conta se existe preconceito contra ator de teatro:
Eu acredito que a revolução cultural é o começo para as mudanças de pensamentos porque através da arte a gente fala o que queremos dizer, os nossos problemas, falamos sobre nossas culturas porque muitos ainda não conhecem a Cultura Nordestina e nós viemos aqui para isso. Então eu acredito nisso que a cultura vem trazer para o povo informação.
Existe preconceito, mas muito disso é culpa porque vivemos dentro de uma sociedade onde as pessoas não têm informação, então cria-se esse preconceito quando você começa teatro as pessoas já querem você na Rede Globo, e as pessoas não entendem que quando a gente faz teatro é porque gostamos e queremos dizer alguma coisa. Então as pessoas ainda têm muito preconceito, a sociedade não dá espaço, quando tem este tipo de projeto, já começa a mudar a mentalidade das pessoas, elas acham que teatro não é para elas, as classes C e D acham que o teatro é para um determinado grupo de elite eles acham que irão vim e não entenderão nada, e isso é o que os políticos querem que elas pensem, até porque o teatro faz pensar.
Domingo passado a mesma peça esteve em Cachoeira Paulista amanhã haverá apresentação e sábado também. No dia 3 de Junho haverá apresentação de outro espetáculo do grupo, esta peça já recebeu várias premiações, é um espetáculo infantil que será encenado no Sesc Ipiranga em São Paulo.

Maiores informações do grupo você encontra no blog do grupo que é este: http://grupotravessia.wordpress.com/
O grupo também tem um site:http://www.grupotravessia.com.br/

Entrevistas: Magno Oliveira
Readaptação: Bruno Martins

Fotos: Site do Grupo Travessia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo