Carlinhos Brown: "Esse é só o começo"


Cantor desembarcou nesta terça-feira (03) em Salvador depois de perder o Oscar de Melhor Canção Original













Foto: Victor Albuquerque
"Agora eu já faço parte da Academia e de lá ninguém me tira", disse Carlinhos Brown em Salvador



 Desbancado pelos Muppets na disputa pelo Oscar de Melhor Canção Original, Carlinhos Brown, um dos compositores de "Real in Rio", música que estava concorrendo, disse que o resultado da premiação não foi injusto. “A gente precisa ser humilde e aceitar as oportunidades. Apesar de a nossa música ser mais original, não achei injusta a vitória dos Muppets. Claro que eles preferem a própria opção, com características mais clássicas”, revelou.
 
O cantor disse ainda que só o fato de ter sido indicado ao Oscar representa uma grande vitória. “Isso já o suficiente. E esse é só o começo. As portas estão abertas. Agora eu já faço parte da Academia e de lá ninguém me tira”. Brow desembarcou nesta terça-feira (28), em Salvador. No aeroporto, ele foi recepcionado por uma orquestra com 50 timbaleiros, do projeto Pracatum. Amigos e familiares também foram recebê-lo.








Foto: Victor Albuquerque
O pai de Carlinhos Brown, Renato Ferreira, com membros da Timbalada


 Visivelmente emocionado, o pai de Brown, Renato Ferreira, mais conhecido como Bororó, não escondeu a ansiedade de rever o filho. “O coração está aqui a mil. Meu gostosão tá chegando”, disse. “Vocês [da imprensa] é que estão dizendo que ele não ganhou, mas, para mim, ele já é vitorioso. Não tem para ninguém”, completou.
 
“Hoje é o dia dele [Brown]. Viemos para dizer que estamos sempre com ele. Só o fato de ser indicado, já foi uma grande conquista”, comentou o amigo e regente da orquestra do Pracatum, Jair Rezende.
Foto: Victor Albuquerque
Integrantes da Timbalada esperam a chegada de Carlinhos Brown no aeroporto de Salvador



 A mãe de Brown, dona Madalena, não foi para o aeroporto. Mas ela aguardava o filho em casa, onde estava preparando outra recepção.
 Ao sair no saguão, Carlinhos Brown beijou o chão em reverência. “Isso aqui é melhor do que o tapete vermelho. Essa é a energia da família”, disse. O cantor falou ainda que se sentia um agraciado por Deus. “Como um intérprete da música brasileira, posso dizer que estou muito contente, ainda mais por ser um representante da cultura baiana”.
 Questionado sobre qual o momento mais marcante de toda essa experiência, Brown não titubeou: “a volta para casa, sem dúvidas”.O músico recebeu ainda uma imagem da Bem Aventurada Dulce dos Pobres, que foi entregue pela sobrinha da beata, Maria Rita. “Independente do resultado da premiação, queríamos prestar essa homenagem a Brown, que desenvolve trabalhos sociais tão lindos." Brown agradeceu a homenagem, afirmando que Irmã Dulce é um exemplo a ser seguido. "Ela nos ensina humanidade”.
 De volta para casa, Brown disse que o encerramento da festa será nesta sexta-feira (02), no Sarau Du Brown, no Museu Du Ritmo, no Comércio. Depois, o cantor embarca para Alemanha, onde fará um show em um evento com a presença da presidente Dilma Rousseff. O cantor confidenciou ainda que já recebeu convites para compor canções para outros filmes. “Mas isso, infelizmente, ainda não posso adiantar. Porque os caras fazem tudo no sigilo”. Além disso, ele trabalha na finalização do próprio DVD e também o da Timbalada, previstos para serem lançados ainda no primeiro semestre.

Postagem: Natan Fellipe
E-mail Folhetim Cultural : folhetimcultural@hotmail.com
Twitter Folhetim Cultural: http://twitter.com/#!/FolhetimCultura
Página no Facebook do Folhetim: http://www.facebook.com/pages/Folhetim-


Comentários

  1. Hola, me encanta C. Brown, es un hombre con una gran humanidad y excelente manera de ser. Comenzó a gustarme su música desde que vi la película "El milagro de Candeal".
    Saludos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo