Sentires Poéticos por Ianê Mello


Poema por Ianê Mello
O POEMA

Poema
quando surges
urges urgências
imediatas
és apressado e deslizas
em palavras
que escorrem
no papel
Inexatamente exato
és perfeito
imperfeito sendo
pois que de pouco
muito se torna
e do muito
faz-se um nada

Poema
és alma lavada
purificada em pranto
Poema és sujo
nas palavras coloridas
em sangue
nas quais te embriagas
e te deleitas

Poema
és rarefeito
quando ar te falta
e ter perdes no vazio
Poema
és sombrio
quando turvado na dor
e te banhas em lágrimas

Poema
simplesmente és
a turbulência do momento
em que aconteces
ou a calmaria
de que por ventura padeces

Poema
simplesmente és
tempo e memória.



E-mail do Folhetim Cultural: folhetimcultural@hotmail.com
Twitter de Ianê Mello: http://twitter.com/#!/ianemello
Twitter do Folhetim Cultural: http://twitter.com/#!/FolhetimCultura

Página do Folhetim Cultural no Facebook: http://www.facebook.com/pages/Folhetim-Cultural/306412726048485?sk=wall

Facebook Ianê Mello:http://www.facebook.com/iane.mello

Todas ás segundas feiras aqui no Folhetim Cultural ás 20 horas Sentires Poéticos!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo