A Faixa do Poeta das Faixas: Contra Mão

Hoje uma parceria entre Cazuza e Fagner


Contra Mão



Essa música Fagner canta com parceira do Cazuza.


Contra Mão


Nos olhos verdes o sinal aberto

Pra que eu passe, abriu

Viva pro teu corpo descoberto


Eu parei, meu deus
Que é que tem isso?
A luz vermelha acendeu
E me envolveu num feitiço

Feitiço de sangue igualzinho ao teu
Pra que ruas quero eu
Se é contra-mão do lado dela
Depois da luz amarela
Tem a verde, a esperança
Pra que você se sinta criança
Mais mulher e mais sozinha
Então resolva ser minha
Até que chegue o amanhã

Até amanhã
Até amanhã
Eu digo sim
Até amanhã

Letra e vídeo retirado do Youtube


Para encerrar a programação de sábado aqui no Folhetim Direto do Baú do Raul ás 23 horas.




Produzido por Magno Oliveira


E-mail do Folhetim Cultural: folhetimcultural@hotmail.com

Siga Magno Oliveira no Twitter: http://twitter.com/#!/oliveirasmagno

Facebook de Magno Oliveira: http://www.facebook.com/oliveira.m.silva


Twitter Folhetim Cultural: http://twitter.com/#!/FolhetimCultura

Twitter Sociedade Viva Cazuza: http://twitter.com/#!/VivaCazuza

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”