Galpão das Artes recebe sete espetáculos a partir desta quinta-feira (7/6)


A partir desta quinta-feira (7/6), o público poderá conferir gratuitamente sete espetáculos com diferentes enfoques, no Galpão das Artes (rua Nove de Julho, 267 - Centro). Destes, seis são trazidos por meio do Programa de Ação Cultural (Proac), da Secretaria Estadual da Cultura. As atividades seguem até 30 de junho e a classificação etária é de 12 anos.

O incentivo à Cultura, a Mostra de Referências Teatrais e a articulação dos artistas do município fizeram com que Suzano se tornasse uma referência nas artes cênicas e palco de constantes apresentações de importantes grupos do Estado de São Paulo.

“Suzano é referência e recebe muitos espetáculos gratuitos via Proac, porque é uma cidade acolhedora, que ao longo do tempo tem bons relacionamentos com a rede de artistas do teatro”, destaca o coordenador de Artes Cênicas da secretaria municipal de Cultura, Cleiton Pereira.

Além disso, segundo Pereira, são poucos os municípios que possuem um espaço público como o Galpão das Artes, uma conquista do movimento de teatro da cidade. O local recebe cerca de cem encenações por ano, além de abrigar projetos de circulação de outros municípios.  “É um espaço que respeita as linguagens, os processos e a identidade dos grupos”, reforça o coordenador.

A programação será aberta com o espetáculo “Ulysses Molly Bloom – Dançando Para Adiar”, da Cia. Estrela D’Alva, que contará com apresentações nesta quinta e sexta-feira (7 e 8/6). Baseada na obra “Ulysses”, de James Joyce, a peça narra a trajetória de Leopold Bloom, que sai de casa com a desculpa de cumprir a agenda de trabalho, mas que na verdade passa o dia dançando pela cidade. Enquanto isso, sua mulher, Molly, fica sozinha em casa, à espera de outro homem. Confira abaixo a programação deste mês.

Espetáculos
Sempre às 20h, no Galpão das Artes

7 e 8/6 – “Ulysses Molly Bloom – Dançando Para Adiar”
Narra a trajetória de Leopold Bloom, que sai de casa com a desculpa de cumprir a agenda de trabalho, mas que na verdade passa o dia dançando pela cidade.

10/6 - “Sobre Homens e Caranguejos”
Trama é sobre um menino que chegou à cidade e aos mangues com seu pai, fugindo da seca depois da morte do irmão mais velho.

15/6 - “A Guerra de Stephen”
Baseada no primeiro romance lésbico da história, texto relata o período da Primeira Guerra Mundial, em que Stephen Gordon serviu na França. Ela descobre a possibilidade de amar, em meio a bombas e granadas.

16 e 17/6 - “Dois Perdidos Numa Noite Suja”
O tema central é a relação e condição de dois indivíduos. O espetáculo extrai sentimentos visíveis da sociedade em que vivemos: insensibilidade, consumismo, individualidade.

22, 23 e 24/6 - “Orinoco”
Comédia do dramaturgo mexicano Emilio Carballido. Na montagem, duas atrizes decadentes a caminho de um campo petroleiro se descobrem sozinhas num barco à deriva.

29/6 - “Sobre os Males que o Fumo Produz”
No monólogo, o personagem Ivan Ivanovitch, por imposição de sua esposa, apresenta-se para realizar uma conferência beneficente sobre os malefícios do fumo.

30/6 - “Cadêle Meu Bolo de Roda?”
Texto baseado numa pesquisa do cotidiano dos caiçaras da região do Vale do Ribeira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”