Há cinco anos isso acontecia: Prefeito recebe homenagem de academia francesa


Marcelo Candido recebeu na tarde desta sexta-feira (6/7), em seu gabinete, o diploma da Academie Arts Sciences Lettres, da França

 CARLOS MAGNO 
“Temos investido no fomento da cultura e em novos equipamentos. Esta láurea coroa todo o nosso trabalho”, disse Candido
    
Os importantes projetos artísticos e culturais da Prefeitura de Suzano, na atual gestão, além de fazerem da cidade uma referência no Alto Tietê, proporcionaram reconhecimento internacional. O prefeito Marcelo Candido recebeu na tarde desta sexta-feira (6/7), em seu gabinete, o diploma da Academie Arts Sciences Lettres, da França. A entidade, fundada em 1915 para o fomento da arte e da cultura, concedeu este ano a Medalha de Ouro ao prefeito “pelos relevantes serviços prestados às Artes, Ciências, Letras e Cultura”, na definição da Comissão Superiora de Recompensas.


O diploma foi entregue por Diva Pavesi, presidente da Divine Productions International. O prefeito de Suzano é o primeiro administrador público do Brasil a receber o prêmio -a medalha de ouro é mais alta condecoração da entidade- e também o único gestor público entre os homenageados de 2007, que incluem importantes nomes do cinema, arquitetura, música, televisão e jornalismo brasileiros.

A premiação ocorreu numa cerimônia solene no dia 1 de abril de 2007, no Pavillion Dauphine, em Paris. Devido às comemorações do aniversário da cidade, nenhum representante da Prefeitura de Suzano foi à França.


“Essa homenagem, concedida por uma academia reconhecida por seus serviços, muito nos honra e muito nos orgulha. Suzano começa a ser vista com outros olhos. Temos investido no fomento da cultura e em novos equipamentos. Esta láurea coroa todo o nosso trabalho”, disse Candido.

O secretário municipal de Cultura, Walmir Pinto, destacou o fato de a atual administração enxergar a cultura como algo que está além das barreiras do município e, por esse motivo, buscar apoiar o intercâmbio de artistas locais com os de outras cidades, regiões e até países: “Na cultura, não existem barreiras nem fronteiras. Para nós, é motivo de orgulho estar neste caminho”.


Diva Pavesi lembrou o fato de Candido ser o primeiro prefeito brasileiro a receber o prêmio da academia: “O senhor está sendo referenciado como um homem que promove as artes e engrandece a cidade de Suzano e o Brasil”.

Academia

Sediada na capital francesa, a Academie Arts Sciences Lettres, segundo a própria entidade, ocupa um lugar privilegiado na defesa, encorajamento e promoção da cultura por meio das artes, ciências e letras, e define como um de seus objetivos “enfatizar, promover e premiar o trabalho dos dirigentes, criadores, promotores, produtores e de talentos eméritos nessas disciplinas”.

De acordo com a entidade, a premiação “é a coroação dos relevantes serviços prestados” pelos homenageados “ao longo de suas carreiras dentro das suas atividades intelectuais, profissionais, culturais e sociais, realizados em seus países”.

Em 2007, além do prefeito suzanense, outros brasileiros foram premiados, entre eles os atores José Wilker e Angela Leal e o cantor, compositor e ator Seu Jorge. Nos últimos anos, artistas consagrados receberam a homenagem, como Milton Nascimento (cantor e compositor) e Milton Gonçalves (ator), ambos com a medalha de ouro. O pintor suzanense Policarpo Ribeiro recebeu a medalha de prata em 2006.

Julio Nogueira


Postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá