Usher doará cachê pago a ele por Kadafi


Foto: Getty imagens
O americano Usher

Após Beyoncé, Mariah Carey e Nelly Furtado, é a vez de Usher afirmar que doará o dinheiro que ele ganhou por fazer um show particular para parentes do ditador líbio, Muama Kadafi.
O cantor norte-americano se apresentou para familiares do comandante líbio no Ano Novo de 2009, ao lado de Beyoncé, na ilha de St. Barths, no Caribe. Ele diz que mandará o cachê para "várias organizações de direitos humanos".
Não se sabe quanto Usher ganhou - especula-se que, para Beyoncé, Kadafi tenha pago cerca de R$ 3,3 milhões. O cantor afirmou ainda que não sabia para quem estava se apresentando.
Nelly Furtado foi a primeira a se manifestar a respeito das doações. Beyoncé, Mariah Carey e Usher tomaram a iniciativa apenas depois de o fato ter causado uma indignação pública.
Mas ainda há artistas que fizeram shows para Kadafi e não se pronunciaram, como 50 Cent, Timbaland, Enrique Iglesias e Lionel Richie.
Fonte: Portal IG
Postado por Magno Oliveira

Comentários

  1. Se outro tanto de pessoas forem tão consciente como eles, não haverá mais ditadores no mundo. bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”