Transgressões, da Pia Fraus, no Sesc Pinheiros todas sextas e sábados de maio

Durante todo o mês de maio, a companhia paulista comemora 30 anos no Sesc Pinheiros com mostra de repertório e estreias. Entre elas, Transgressões, dirigida por Beto Andreetta e Wanderley Piras, uma mistura de dança, teatro e manipulação de bonecos para falar de sexualidade e desejo.


Durante todas as sextas-feiras e sábados de maio, a Pia Fraus apresenta Transgressões, no Sesc Pinheiros. A peça integra a programação de comemoração dos 30 anos da companhia, além de espetáculos infantis e oficina de bonecos. Dirigida por Beto Andreetta e Wanderley Piras,Transgressões é apresentada pelos atores Ana Elisa Mattos, Cristiano Bacelar, Natália Gonsales e o bailarino David Caldas.



‘Transgredir algo é ir além, ultrapassar um limite estabelecido e, portanto, é também criar um novo paradigma’, conta Beto Andreetta, diretor da companhia. As ‘transgressões’ do espetáculo não são somente da trama - dois casais que têm curiosidades para além dos relacionamentos - mas também na forma. A peça, assim como a maioria dos trabalhos da Pia Fraus, expressa sua dramaturgia na plasticidade e na relação dos atores e bonecos. Trata-se de uma mistura de teatro, dança e manipulação.
A peça, sobre a sexualidade humana, seus desejos e fantasias, nasceu de um processo coletivo de criação proposta por Andreetta. Conduzida por Wanderley Piras, diretor de diversos espetáculos da companhia, a temática foi construída com os atores, que sugeriram cenas e compuseram os personagens juntos.  
Os bonecos utilizados são do acervo da Pia Fraus, de autoria de Beto Lima, um dos fundadores da companhia, falecido em 2005. ‘Ao utilizá-los, rompemos uma tradição do teatro de bonecos na qual todo boneco é feito para apresentar sempre o mesmo personagem’, observa o diretor. ‘Depois de Sófocles, Cervantes, Guimarães Rosa, Nelson Rodrigues, agora desenvolvemos nossa nova dramaturgia a partir das inquietações do próprio elenco e, principalmente, a partir de cada boneco utilizado ao longo desses anos. Todos juntos, atores, bonecos, entrelaçados, formando um grande elenco criativo: corpos atuantes’, finaliza o diretor.
Nesses 30 anos
O grupo tem longa trajetória em montagens adultas. De Olho da Rua, de 1990, Flor de Obsessão, de 1996, ganhador do Prêmio Angel Award de Edimburgo como melhor espetáculo estrangeiro na categoria ‘teatro físico-visual’, passando por Eonoéuma Cosmogonia, de 1998, ganhador do APETESP, Farsa Quixotesca, de 2000, Prêmio Coca Cola de Teatro Jovem como melhor texto de espetáculo, Frankestein, de 2000, Olhos Vermelhos, de 2003, 100 Shakespeare, de 2006, ganhador do Prêmio Lei de Fomento ao Teatro, e Primeiras Rosas, de 2009, também premiado pela Lei de Fomento ao Teatro.
Entre as parcerias formadas durante os 30 anos de Pia Fraus estão o Acrobático Fratelli e a Orquestra Experimental de Repertório; o grupo XPTO, com quem a companhia trabalhou durante dois anos e os grupos La Mínima e os Parlapatões. A companhia também já trabalhou com diversos diretores, como Naum Alves de Souza, Marcia Abujamra e Francisco Medeiros.

Ficha Técnica Transgressões:
Direção: Beto Andreetta e Wanderley Piras
Dramaturgia - Equipe de criação do espetáculo: Beto Andreetta, Lara Pinheiro, Wanderley Piras e elenco
Organização de Dramaturgia: Beto Andreetta
Elenco: Ana Elisa Mattos, Cristiano Bacelar, David Caldas e Natália Gonsales
Direção de manipulação: Wanderley Piras
Iluminação: Vagner Freire
Trilha Sonora: Pia Fraus
Bonecos: Beto Lima
Produtora executiva: Tainã Vasconcelos
Produção: Pia Fraus

Serviço
Estreia Transgressões em São Paulo
Comemoração de 30 anos da Pia Fraus

Data: De 9 a 31 de maio. Sextas e sábados, às 20h30.

A apresentação de 17 de maio será gratuita e integra a programação do Sesc Pinheiros na Virada Cultural. A retirada de ingressos será somente nas bilheterias da Rede Sesc e terá início a partir das 17h do sábado (17/05)
Sesc Pinheiros
Endereço: 
Rua Pais Leme, 195 - Pinheiros, São Paulo – SP Local: Auditório (3º andar)
Horário de funcionamento da Bilheteria: Terça a sexta das 10h às 21h. Sábados das 10h às 21h, domingos e feriados das 10h às 18h. Tel.: 11 3095 - 9400.

Estacionamento com manobrista

Veículos, motos e bicicletas. Terça a sexta, das 7h às 22h; Sábado, domingo, feriado, das 10h às 19h. Taxas: para atividades no teatro, preço único: R$ 6,00

Classificação: Não recomendado para menores de 18 anos

Duração: 60 minutos

R$ 25,00 (inteira); R$ 12,50 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, maiores de 60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino); R$ 5,00(comerciários e trabalhadores em empresas do comércio de bens, serviços e turismo). 
Ingressos à venda pelo portal www.sescsp.org.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá