Milton Banana: 15 anos sem o “Rei do Ritmo”


No dia 15 de maio, completou 15 anos sem o baterista Milton Banana, um dos principais bateristas da Bossa Nova, que iniciou carreira profissionalmente em 1955, como baterista da Orquestra de Waldir Calmon e no mesmo ano passou a integrar a banda de Djalma Ferreira.

Participe da comunidade do FC no Face 
No ano seguinte, atuou como baterista no grupo de Luiz Eça e em 1959, participou da gravação de “Chega de Saudade”, com João Gilberto.
Em seguida, participou de gravações com João Gilberto, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Stan Getz, João Donato e Astrud Gilberto. Depois criou o Milton Banana Trio, com as suas mais diversas formações e gravou vários discos. Seu balanço ritimico tornou-se bastante apreciado nos anos 1990 pelos cultores do acid jazz.
Milton faleceu em 15/05/1999 e foi considerado o “Rei do Ritmo”. O baterista foi um daqueles músicos que a critica brasileira nunca fez uma homenagem e nem nunca o reconheceu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo