ALÉM DA PELE: MOSTRA FOTOGRÁFICA COLOCA EM EVIDÊNCIA A BELEZA DA ALMA E DA FAMÍLIA DOS PORTADORES DE GENODERMATOSES‏

Com abertura em 6 de janeiro de 2015, exposição reúne 16 imagens de crianças e suas mães capturadas pelas lentes sensíveis da dermatologista e fotógrafa Régia Patriota


Entre 6 e 21 de janeiro de 2015, a mostra “Além da Pele: a Beleza da Alma e da Família” toma conta das dependências do espaço expositivo do Condomínio Conjunto Nacional, em São Paulo. Uma realização da Associação Paulista de Medicina, o evento conta com incentivos do ProacSP, apoio da ONG Ibagen - Instituto Brasileiro de Apoio aos Portadores de Genodermatoses - e patrocínio do laboratório Aché.

Folhetim Cultural grupo do facebook
Curta Folhetim Cultural no facebook
Siga no Twitter Folhetim Cultural


São 16 imagens capturadas pelas lentes da dermatologista e fotógrafa Régia Celli Patriota de Sica. Nelas, a médica retrata diversas crianças (em ângulos solitários ou acompanhadas de suas mães). Um dos objetivos desta mostra fotográfica é justamente educar o público e, assim, contribuir para a diminuição do preconceito contra as vítimas das doenças de pele, erroneamente consideradas contagiosas. Como bem afirma a autora das imagens, “estas chamam a atenção para a necessidade de olharmos para além da superfície, da importância de nos esforçarmos para se livrar dos preconceitos causados pelo desconhecido”.
Conforme também explica a dra. Régia, ao colocar as crianças como protagonistas de seu ensaio fotográfico ela pretende ir além do que se vê. A partir de uma apurada e sensível linguagem, ela evidencia uma beleza que extrapola os padrões estéticos e revela o que há de mais expressivo e delicado no âmbito familiar. A exposição registra os portadores que sofrem de patologias relacionadas à pele, como albinismo, psoríase, dermatite atópica, epidermólise bolhosa, ictiose e outras doenças hereditárias que atingem cerca de 2% da população brasileira e que, apesar de não contagiosas para quem com elas convive, ainda causam desconforto, rejeição e preconceito.


Mas, como explica a curadora da exposição, Alícia Perez, “o chocante destas fotos está invisível: o preconceito contra portadores de doenças de pele. O visível, ao contrário, excede em amor e carinho e são antídotos que, unidos à informação, combatem o preconceito”.
Depois do período de visitação no Condomínio Conjunto Nacional, a exposição, em consonância com a proposta de educar e esclarecer o maior número de pessoas, seguirá para outros locais. Entre eles, o Centro Cultural da Juventude e o Memorial da Inclusão.


Sobre a fotógrafa
Régia Celli Patriota de Sica vive e trabalha em São Paulo. É médica formada pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Em 2011, concluiu o curso de Fotografia na Panamericana Escola de Arte e Design, em São Paulo. Segundo Alícia, a formação em Medicina deu à médica a habilidade de ver o que não necessariamente está na imagem, mas, sim, no tato, nas entrelinhas e nos sons descompassados do corpo de alguém que pede cuidados. “Crianças e mães acostumadas aos tratamentos clínicos aceitaram posar frente à sua lente, que revela não só uma imagem objetiva, mas a alma, a vida e a história de toda uma família, uma vida complexa e sensível. A pele, os perfis, os rostos tantas vezes escondidos e rejeitados na vida social, ali naquele instante, sob o olhar da fotógrafa, ganharam espaço para gritar e mostrar-se em sua plenitude: orgulhosos, dignos e incluídos", afirma a curadora, sintetizando: “Contagiosa é a vontade de Régia de mostrar ao mundo que, nessas histórias, os caminhos e desafios nunca serão maiores do que suas lutas e, principalmente, seus sonhos”.
Serviço:
Além da Pele: a Beleza da Alma e da Família
Local: Condomínio Conjunto Nacional
Endereço: Avenida Paulista, 2.073, Piso Térreo, Cerqueira César
Data da abertura: 6 de janeiro de 2015, terça-feira, às 19h
Visitação: até 21 de janeiro; de segunda a sábado, das 7h às 22h; domingos, das 10h às 22h
Ingresso: gratuito

Postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá