Morre em SP o dramaturgo Chico de Assis

Aos 81 anos, dramaturgo foi achado morto em seu apartamento em SP.

Ele passou pelo Teatro Arena e escreveu novelas para TVs Globo e Tupi.

O dramaturgo Chico de Assis, de 81 anos, foi encontrado morto sem sinais de violência em seu apartamento no sábado (3).


O corpo foi velado neste domingo (4), no Teatro Arena, no Centro e  levado às 15h para o cemitério da Vila Alpina.



Velório do dramaturgo e autor de telenovelas Chico de Assis, morto aos 81 anos, no Teatro de Arena, no Centro de Sao Paulo, neste domingo (4). Ele foi encontrado morto na noite de sábado (3) em seu apartamento, nos Jardins, em São Paulo (Foto: Marco Ambrosio/Estadão Conteúdo)
Velório do dramaturgo e autor de telenovelas Chico
de Assis, no Teatro de Arena, em São Paulo
(Foto: Marco Ambrosio/Estadão Conteúdo)

O paulista Francisco de Assis Pereira nasceu 10 de dezembro de 1933. Ele começou a carreira como cinegrafista na TV Tupi e depois passou a atuar como ator e dramaturgo. Na TV Tupi, escreveu sucessos, como Ovelha Negra, Xeque-Mate e Cinderela 77 e Salário Mínimo.


Segundo o autor de novelas Walther Negrão, durante anos Francisco de Assis trabalhou na Globo dirigindo o programa de Dercy Gonçalves, e escrevendo novela. Foi um dos pioneiros da TV brasileira na Tupi.

Fazia parte do grupo que fundou o Teatro de Arena em São Paulo ao lado de Guarnieri, Vianninha, Paulo José e Milton Gonçalves.


Lançou Lima Duarte no teatro, escreveu peças importantes como "Missa Leiga", "Testamento do Cangaceiro", "Ripió Lacraia".

Também era compositor, criou a "Canção do sub-desenvolvido" em parceria com Carlinhos Lyra em plena ditadura militar.


Foi ainda o criador de programas de rádio e um deles é o "Show da Manhã" da Jovem Pan que sobrevive até hoje.


Walther Negrão no velório de Chico de Assis (Foto: Marco Ambrosio/Estadão Conteúdo)
Walther Negrão no velório de Chico de Assis
(Foto: Marco Ambrosio/Estadão Conteúdo)
Ultimamente dava aulas de dramaturgia em São Paulo e em novembro último lançou dois volumes com suas obras teatrais.

"Foi meu grande mestre e na Tupi escrevemos três novelas em parceria e juntos inauguramos a teledramaturgia da TV Bandeirantes", disse Negrão.
Chico de Assis escreveu a novela Bicho do Mato em 1972. 

Ele fez parte da fundação do Seminário de Dramaturgia do Arena e do laboratório de interpretação. Seu repertório teatral é composto de mais de 30 peças. No ano passado, recebeu a condecoração da Ordem do Mérito Cultural do Brasil pelo trabalho no teatro e no ensino da dramaturgia.

Fonte: G1
Postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

Arquivo da Música: Roupa Nova