No Café da Manhã com Poesia: Me Apaixonei









Magno Oliveira já trabalhou como repórter cultural do Jornal Mídia Ambiental (Poá), Teve uma de suas obras publicadas no Livro Antologia Poética do Concurso Augusto dos Anjos, já participou de diversos saraus e mostras de poesias.






Magno Oliveira no twitter: http://twitter.com/#!/oliveirasmagno


E-mail Folhetim Cultural: folhetimcultural@hotmail.com 


Twitter Folhetim Cultural: http://twitter.com/#!/FolhetimCultura


Facebook de Magno Oliveira: http://www.facebook.com/oliveira.m.silva 


Página do Folhetim Cultural: http://www.facebook.com/pages/Folhetim-Cultural/306412726048485?sk=wall 


Responsável pelo Folhetim Cultural

Poesia: Me Apaixonei


Imagem retirada da internet
















Me apaixonei
Por um olhar intrigante.
Me apaixonei
Por um sorriso cativante.
Me encantei
Quando lhe vi.
Me encantei
Pele branca, bela, lisa.
Me apaixonei
Eu penso em você o ar se suaviza
Eu penso em você porque me encantei contigo
Eu penso em você porque tudo em você é lindo
Por você me apaixonei.


Comentários

  1. Tu postou um comment grande no meu blogger. Não entendi direito o que quis dizer... Sobre eu acenar e sair de cena??? Ou de repente não sou eu e meu egocentrismo me fez achar que era?!?!?! Desculpa se eu pareço uma besta... Aquilo é uma música? Tu fez? E porque achasse que cabia ali, naquele post?

    ResponderExcluir
  2. Boa noite!

    Olá Magno Oliveira!
    Obrigada pela visita!Bem vindo ao meu blog!
    Muito legal seu espaço! Vou dar um passeio por aqui.

    Bom final de semana!!

    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  3. Vim te visitar e estou me apaixonando pelo seu blog. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”