Diário de uma adolescente: ->Meu príncipe encantado!


->Meu príncipe encantado!

"Meu príncipe encantado usa All Star e adora jeans desbotado.
Ele decretou que não gosta das mesmas bandas que eu, nem eu as dele. Mas as vezes percebemos que estamos ouvindo as músicas um do outro;
Meu príncipe encantado corta o cabelo curto demais, dorme quando estamos conversando e detesta dançar.
Ele esquece de me ligar, esquece da hora que marcamos de sair, enfim esquece tudo. Mas no fim aparece com um Mentos pedindo desculpa;
Meu príncipe encantado chega no fim de semana xingando o gerente do trabalho, xingando o ônibus, o trânsito, o mundo. Como qualquer ser humano;
Meu Príncipe encantado detesta estudar;
Meu Príncipe tem umas girias que não entendo;
Meu principe encantado detesta cavalo;
Detesta minha melhor amiga;
Acorda tarde;
Não sabe escrever cartas de amor;
Nunca me mandou um buquê de rosas;
Jamais me fez uma serenata;
Esquece do aniversário de namoro;
E detesta azeitona;
Meu príncipe encantado tem manias estranhas;
Gostos divertidos;
Não me carrega no colo;
Tem todos os personagens que ele adora colado na parede do quarto;
Seu sonho é ter um criado-mudo de gibi.
Ele é bagunceiro, não tem regras, come a hora que da fome, quer me beijar sabendo que meu irmão está do lado;
Esquece de ter ciúmes de mim;
Meu príncipe encantado ele não é nada perfeito. Mas no fim de tudo, ao final de cada dia... Não importa o quanto brigamos, o quanto discordamos um do outro, nos estressamos. Ele olha em meu rosto e sempre diz que me ama e que sou a mulher da vida dele.
E não importa o quanto eu tenha razão, esteja nervosa, entediada. Sempre sorrio e digo que o amo também.
Tem todos os motivos de eu achar defeitos, mas todos para eu amar. Ele admite que não é perfeito. Que não sou também
Ele não acredita em lendas de amor nem nada neste contexto. Mas acredita em nós.
Ele não chegou de cavalo branco nem nada parecido. Mas chegou no meu coração. 
Não chegou de farda, com uma bagagem de palavras belas me pedindo em casamento. Mas chegou enlaçando-me pela cintura e dizendo que eu era dele. E a partir dai nada mais importou...

" O amor não é medido pelas coisas perfeitas. Tão fácil é amar o lado bom de alguém. Tãodesafio amar os defeitos e conviver harmoniosamente..."


Bárbara Fernanda

Comentários

  1. O simples toque te deu a certeza...Um belíssimo texto!parabéns.
    abraços e paz.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá