Festival de Cannes: ator de 'Reality' está condenado à prisão perpétua


Foto: DivulgaçãoAniello Arena (esq) em cena do filme "Reality"











O ator italiano Aniello Arena foi o protagonista nesta sexta-feira (dia 18) no festival de Cannes, não só por interpretar o personagem principal do filme "Reality", de Matteo Garrone, mas também pela sua ausência, justificada por estar em prisão há "18 ou 19 anos".
Em entrevista coletiva, Garrone apresentou seu filme na competição oficial de Cannes, que conta a história de Luciano, um homem obsessivo por entrar no programa "Big Brother" e que foi bem interpretado por Arena.
No entanto, Arena não pôde estar presente no festival por estar detido na prisão de Volterra (Pisa). Garrone não comentou o motivo da detenção. Mas, segundo a revista Forbes, o ator foi condenado à prisão perpétua por assassinato.
Há 12 anos, Arena começou a fazer teatro na companhia La Fortezza, criada dentro da prisão de Volterra, e Garrone o viu atuar em uma encenação. O diretor tentou contar com ele para "Gomorra", mas não obteve a autorização judicial necessária. No entanto, como ele é liberado há alguns anos para atuar fora da prisão, lhe permitiram participar de "Reality" - embora não tenha podido viajar para Cannes.
Durante a filmagem, Arena trabalhava de dia no filme e, à noite, retornava à prisão. O ator disse que não ficou decepcionado por não estar no festival pois considera mais importante que o filme tenha chegado ao evento. Quanto à sua forma de trabalhar com o ator, Garrone disse que foi muito fácil porque Arena vem do teatro e se adaptou bem ao cinema.
"Ele foi se apropriando do personagem pouco a pouco", disse o diretor. Além disso, Garrone afirmou que o ator deu ao personagem o toque "inocente" que ele buscava. "Ele está no meio do caminho entre Antonio de Curtis e De Niro", afirmou o diretor, mas acrescentou: "É muito subjetivo o que eu digo".
Fonte: Portal IG
Postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo