Diário de uma adolescente: ->Sedentarismo...


->Sedentarismo...

Comecei a trabalhar na academia.
Pane! 
Para quem?
Para o namorado que não quer que você olhe para os lados;
Para mim amante do sedentárismo. Porque?
Mais do que claro:


1-Você vai ficar no meio de um infestação de professores de educação física que ficarão na sua cabeça que está mais do que na hora de você começar a malhar.
2-Vai passar junto com os mocinhos, as mocinhas saradas que fazem você coçar a cabeça olhar para si mesma e começar achar que tudo está errado! E vejamos e convenhamos.. Sou mulher e existe ser nesta face terrestre mais cheia de problemas com a auto-estima??? NÃO!


Eu resisti, juro! Meu lema sempre foi: Faço levantamento de controle remoto, uma frase que achei genial num livro da biografia de Renato Russo (Renato Russo de A a Z) em que ele manisfestava sua aversão a malhação.
Disfarcei, dei uma de que tem problemas nas juntas, nas costas, nos cabelos! Mas no final o deficit de auto-estima feminino ataca e não tem jeito, você se pega acordando as 9 da manhã caçando uma legging desesperadamente para ir a sessão de tortura física.
E não deu outra. Cheguei lá com humildes 1kg de cada lado da barra (ai que vergonha) e lá vou eu. 
Depois de uma hora estava toda dolorida, andando que nem um pato, xingando pra burro, fazendo todo mundo rir, com a orelha vermelha de tanto a professora gritar: "VAMOS BÁRBARA", cada musculo sedentário meu gritando por socorro, dor muita dor, toda incrédula pois o lema do grupo é me transformar na próxima Débora Secco e cansada! Mais do que cansada. 
Mas para que tudo isso? Vou dizer... o mundo é extremamente visual! E é uma pura verdade, me lembro bem quando me deparei com essas palavras de Vinicius de Morais:
"As feias que me perdoem mas beleza é fundamental!"
O problema da acomodação é que no fim, quando você se der conta vai estar tudo realmente caindo, pois a lei da gravidade está ai... E sabemos bem disso. 
Sempre valorizei a inteligencia, a cultura e essas coisas, mas infelizmente, se você não tem aparência as pessoas nunca te respeitarão. Fato.
Cheguei essa conclusão depois da minha experiencia trabalhando aqui na academia onde as pessoas com corpos esculturais são mais respeitadas do que as gordinhas, depois de uma reportagem que vi no Fantástico onde fizeram uma experiência com uma moça no shopping bonita e outra nem tanto fazendo pesquisas de opinião por lá. Resultado: A desprovida de beleza foi massacrada em que ninguém respondia as peguntas dela, enquanto a outra arrasava.
Não tenho nem uma pretensão de ficar mulher estilo gostosona, não canso de dizer isso por aqui, mas também não quero ser desprezada, e se por um acaso eu casar algum dia, daqui 20 anos não quero ser pega de surpresa por um processo de separação pois meu marido está me trocando por uma garotinha 15 anos mais nova que eu.
Não é compulsão, é prevenção.
Minto?


Esse é Pump.. A modalidade que estou fazendo...
Bárbara Fernanda

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá