Show "Trovadores Urbanos 20 anos" no Teatro DR. Armando de Ré

Sobre o Show   
    O espetáculo divulga a trajetória de 20 anos do grupo.
   São 8 músicos num palco com pétalas de rosas vermelhas, mostrando que o universo dos Trovadores Urbanos vai muito além de serenatas nas janelas.
   Delicadeza, profissionalismo e muito romantismo. O quarteto vocal é formado por Eduardo Santhana, Juca Novaes, Maida Novaes e Valéria Caram, grupo que originou o projeto, mostra bom gosto e competência musical, nu repertório requintado e criativo.
   O show " Trovadores Urbanos - 20 anos " levou 1.600 pessoas em maio ao Memorial da     América Latina e 584 pessoas ao auditório do Ibirapuera, em junho.
   Direção artística: Cris Ferri / Direção musical e arranjos Pichu Borrelli
  A apresentação será gratuita. Os ingressos estarão disponíveis no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi a partir do dia 13/06.
   A apresentação do grupo será no Teatro Municipal DR. Armando de Ré que está situado na Rua General Francisco Glicério, 1.334 Centro - Suzano (SP).

Sobre os Trovadores Urbanos
Trovadores Urbanos são um grupo musical brasileiro que iniciou sua carreira em 1990, em São Paulo, oferecendo o serviço de serenatas em domicílio na capital paulista.
Esse trabalho, inicialmente despretensioso, passou a ser conhecido na cidade, principalmente após uma entrevista do grupo para o programa do Jô Soares e uma matéria na revista "Veja". Várias personalidades foram homenageadas com as serenatas dos Trovadores, como Caetano Veloso, Sílvio Caldas,Alaíde Costa, Xuxa, Hebe Camargo, Antonio Fagundes, Eva Wilma, Adriane Galisteu, Mário Covas, Luiza Erundina, Raí, Hortência Marcari, dentre outras.
Trovadores Urbanos












Discografia
O quarteto tem seis CDs lançados e um DVD:
  • “Trovadores Urbanos” (1994) - Primeiro disco dos Trovadores Urbanos. O trabalho incluiu canções como "Eu sei que vou te amar" e "Eu não existo sem você" (ambas de Tom Jobim e Vinicius de Moraes), "Minha namorada" (Carlos Lyra e Vinicius de Moraes), "Modinha" (Sérgio Bittencourt) e "Carinhoso" (Pixinguinha e João de Barro)
  • “Serenata” (1996)- O CD contou com a participação especial de Sílvio Caldas, último registro fonográfico do compositor, cantando "Beco sem saída", de sua autoria. No repertório, canções românticas como "Boa noite, amor" (José Maria de Abreu), "Por causa de você" (Tom Jobim e Dolores Duran), "Dindi" (Tom Jobim e Aloysio de Oliveira); "Preciso aprender a ser só" (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle) e "Lunik 9" (Gilberto Gil).
  • “Brejeiro” (1998) - Neste disco, o quarteto gravou clássicos da música popular brasileira.
  • Canções Paulistas” (2000) - O disco foi baseado em pesquisa de Zuza Homem de Mello, e mapeou obras dos principais autores nascidos no Estado de São Paulo, em vários gêneros da música popular, homenageando nomes como Tito Madi, Bob Nelson, Carlinhos Vergueiro, Rita Lee, Guilherme Arantes, Toquinho, Paulinho Nogueira, Eduardo Gudin, Itamar Assumpção, Walter Franco e Paulo Vanzolini, dentre outros.
  • “Copacabana” (2003) - O repertório foi selecionado por Zuza Homem de Mello. Constam no repertório deste disco canções da fase da música brasileira denominada de “pré-bossa-nova”, como "Copacabana" (João de Barro e Alberto Ribeiro), "Sábado em Copacabana" (Dorival Caymmi e Carlos Guinle), "Fim de caso" (Dolores Duran) e "Nesse mesmo lugar" (Klécius Caldas e Armando Cavalcanti).
  • CD/DVD “Canções Paulistas ao vivo” (2007) - O show “Canções Paulistas”, originou o CD e DVD “Canções Paulistas ao vivo”, gravados no Teatro do Sesc Vila Mariana na semana de aniversário da cidade de São Paulo.                                                                                                                                  

Fonte: Agenda Cultural Suzano Edição de Junho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”