Testinha participa do Encontro de Prefeitos para discutir o trecho leste do Rodoanel


O prefeito poaense Francisco Pereira de Sousa, o Testinha, participou na manhã desta sexta-feira, dia 17, do 1º Encontro com Prefeitos dos Municípios do Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas, organizado pela SPMAR, concessionária responsável pela construção e gerenciamento do referido trecho.

Realizado em Guarulhos, o evento ainda contou com a presença dos prefeitos Marcelo Candido (Suzano), Abel Larini (Arujá), Clóvis Volpi (Ribeirão Pires) e dos vice-prefeitos Adilson Achando (Itaquaquecetuba) e Paulo Eugênio (Mauá). O objetivo do evento, segundo o presidente da empresa, Sérgio Santillan, é realizar um primeiro contato com os prefeitos, iniciando um diálogo para que seja firmada uma parceria. “Nós ficaremos três anos nessas cidades, por isso, essa aproximação se faz necessária, uma vez que, seremos parceiros dessa grande obra”, afirmou.
O evento apresentou alguns pontos e tirou algumas dúvidas sobre o trecho leste do Rodoanel como, por exemplo, a questão da Estrada SP-66 que havia sido levantada a hipótese de que a mesma sofreria com as obras, porém, a concessionária já informou que existe a possibilidade do Rodoanel passar por cima ou, até mesmo, por baixo da via.
Outro ponto interessante sobre a obra é que a concessionária decidiu minimizar os impactos ambientais o máximo possível e, sendo assim, o trecho da rodovia que passará pela várzea do Rio Tietê será todo aéreo. “Serão cerca de onze quilômetros de viaduto, o que tornará esse trecho no segundo maior elevado do Brasil”, afirmou Marcelo de Fonseca (Diretor Executivo da SPMAR. Ele completou ainda destacando que esse trecho da obra será o mais difícil e que, provavelmente, deve durar cerca de 25 meses. “Nós temos 36 meses para concluir a obra a partir da data de 10 de março deste ano, ou seja, já estamos trabalhando na parte de conclusão do projeto. Dividimos o cronograma em três fazes, sendo que, no primeiro ano devemos concluir 5% da obra, já no segundo ano mais 40% e, por fim, no último ano, 55% do projeto”, disse.

Para o prefeito Testinha, a reunião foi muito proveitosa e serviu para tirar diversas dúvidas, não só dele, mas de todos os prefeitos presentes, uma vez que, as poucas informações que os municípios possuem são como base no projeto básico do Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A.). “Por exemplo, ficamos sabendo aqui hoje que a SPMAR está trabalhando para minimizar o máximo possível o número de desapropriações que, a princípio, girava em torno de 1.050 a 1.080 em todo o trecho”, afirmou o prefeito com base na declaração de Luiz Roberto Machado, diretor da Itazi (responsável pelas desapropriações).
O evento também definiu que a concessionária passará a realizar visitas nos municípios para visitar as áreas e fazer um trabalho em conjunto com as Prefeituras, visando uma parceria mais efetiva durante os 36 meses de obra.

QUADRO
Dados Rodoanel – trecho leste
Investimento: R$1,9 bilhões
Duração da obra: 36 meses
Fluxo de veículos: 12 mil/dia

LEGENDAS

         O prefeito Testinha parabenizou a SPMAR pela iniciativa de abrir um dialogo com as Prefeituras

         SPMAR realizou o encontro para iniciar uma aproximação com os municípios que receberão o trecho leste do Rodoanel

         O prefeito ficou feliz em saber sobre o fato de que o trecho poaense será aéreo, pois, diminui os impactos da obra na cidade

FONTE: Imprensa de Poá
FOTO: Fernando Araújo

POSTAGEM: Bruno Martins

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá