Coluna de Comunicação por Bruno Martins

Singão FM 87,5 A Rádio mais você uma ótima segunda feira dia 6 de setembro Eu sou o Bruno Martins e está começando a partir de agora... Foi bem isso que eu tentei falar no meu primeiro dia no ar, embora na prática não foi nada disso que eu disse, a merda foi outra. Logo de cara fui apresentar um programa que nem era meu, ou melhor terminar um programa que nem era meu.


Eram dez horas e trinta minutos da manhã de uma segunda feira normal, para os outros porque para mim não, estava tudo tenso, eu estava com medo e não escondia de ninguém. Estrearia no ar naquele dia pela primeira vez à uma hora da tarde, havia acabado de terminar o curso de locução não tinha nem uma semana e já ia começar assim foi tudo tão rápido. Me senti como um pão que acabara de sair do forno; não sabia nem o que dizer, (ou melhor se poderia dizer alguma coisa.)


Eram meio dia e os rádios do Brasil inteiro só transmitiam a mesma coisa horário eleitoral gratuito. “Uma forma de deixar a sociedade mais informada sobre os gastos públicos, o que foi feito, ou o que deixaram de fazer é um alfinetando o outro e no final vence aquele que consegue melhor convencer parte de uma sociedade cujo a opinião ainda está se formando.”


Eu sentei na cadeira daquele estúdio às dez e meia da manhã e não sai mais dali, enquanto em um computador estava sendo transmitido o horário político pelo sinal da rádio Ótima FM (rádio situada no vale do Paraíba) em outro computador eu preparava a primeira edição do meu programa. Tinha somente algumas trilhas, nenhuma vinheta nada, eu sabia que iria fazer um programa popular então peguei uma trilha bem country. Durante esse intervalo de cinquenta minutos o telefone tocou, só estava eu na rádio então atendi, era uma ouvinte que estava ligando atrás do diretor e apresentador da rádio. Disse que ele não estava e ela pediu para que eu desce um recado para ele, de repente a mulher começou a chorar e em desespero ela berrava xingando o pobre coitado de tudo quanto era nome.


_______ Ele não podia ter feito isso comigo, eu sou mãe de família, meus filhos são pequenos, eu trabalho pesado para sustentar a minha casa e blábláblá e choro e mais choro.


Eu a deixei falar tudo o que tinha para falar com os ouvidos ligados no que ela dizia, mas com os olhos atentos na produção do meu primeiro programa, naquele dia nem eu me reconheci falei com aquela mulher com uma calma. Perguntei o nome dela e ela me respondeu com a voz embargada que era Daniela, morava em um bairro conhecido aqui na cidade e eu comecei a acalmá-la dei alguns conselhos até a convidei para ir na minha igreja, ela me contou toda a história do que realmente aconteceu, (a pobre coitada armou sua própria armadilha.) Ela havia participado do programa do Marcelo Arena o locutor e diretor que ela ligou atrás e xingou até a alma do pobre, pois bem, ela ligou ao vivo no programa e denunciou alguns descasos que ela presenciou no hospital da cidade, mas no final era tudo mentira, o hospital entrou com um processo contra a rádio e a rádio para se defender usou como prova a gravação do programa que mostrava que quem havia dito as mentiras era a coitada da ouvinte. Enfim no final deu um rolo (o mal da rádio comunitária.)


Mas eu consegui acalmá-la e até brinquei: _____ Mas e ai Dani vamos pedir uma música. Ela não quis não, agradeceu atenção que dei a ela, pediu mil desculpas e desligou o telefone. Depois da tensão estava na hora de começar o programa.



A primeira vez a gente nunca esquece



A conversa com a menina Daniela parece que foi o remédio para mandar o medo que eu estava sentindo embora, mas eu ainda sentia a garganta presa, um aperto dentro do meu coração, minhas mãos suavam molhando todo o teclado do computador. Eu só sabia dizer:




______ Singão FM A rádio mais você (música) Daniel a ferro e fogo e você pode pegar o telefone e ligar aqui na Singão e pedir a sua música 46566262... Pegue o telefone e liga 46566262... 46566262 é o telefone da sua rádio Singão.




Eram oito minutos de apoio cultural, em uma hora de programa eles apareciam três vezes, oito vezes três davam vinte e quatro minutos de comercial uma hora tem sessenta minutos eu apenas tinha trinta e seis minutos de programa livre. Recebi duas ou três ligações de ouvintes que pediram música eu tremia tanto que não conseguia nem falar o nome dos ouvintes para mandar aquele abraço.




Meu programa já estava quase acabando quando aquela ouvinte (Daniela) me ligou outra vez, mas dessa vez era para pedir uma música, ela pediu Regis Danese, mas não ofereceu para ninguém ela ainda pediu para que eu lesse uma mensagem para ela, qualquer coisa eu toquei a música dela seria a última daquele dia iria encerrar com chave de ouro, fui procurar uma mensagem na internet, a música era longa deu tempo suficiente para eu ler e reler a mensagem escolhi uma trilha e assim que a música acabou como aprendi no curso desanunciei e já mandei a mensagem estava lendo com aquela voz de veludo quando de repente a trilha acabou entrou uma vinheta da rádio eu tive que rapidamente dar um clique com o mouse na trilha, enquanto eu procurava onde eu havia parado no texto, um vácuo ficou no ar o pior foi que eu não me achei, o jeito foi ir para o final do texto e ler os últimos parágrafos. Naquele instante eu paguei um mico ao vivo que o pessoal em casa não entendeu muito, mas foi graças a esse mico que eu ganhei minha primeira ouvinte.

Bruno Martins
21 de Novembro de 2010

Comentários

  1. Olá amigos....
    "Deus deu aos pássaros
    o dom de voar,
    e concedeu aos poetas
    o direito de sonhar."

    © Valter Montani

    Eu sonho com um mundo melhor, mais humano com justiça e respeito entre os homens. O que é preciso para isso? cada um fazer a sua parte, procurarei fazer a minha. Feliz 2011!

    ResponderExcluir
  2. Olá.Estou te seguindo e sempre que eu tiver um tempinho, passarei aqui parate visitar.Feliz 2011.

    ResponderExcluir
  3. Oiiiiiiiiiiiii!Ate que enfim consegui te achar.Como foi de fim de ano?Obrigada pela ilustre visita(gente de cultura e sempore ilustre)Seja bem vindo ao meu Blog e obrigaga pelas informacoes sobre o meu querido e tao longe Brasil.Bju.Luciene.

    ResponderExcluir
  4. Olá, amigos!

    Agradeço a visita ao meu blog e estarei sempre por aqui atualizando-me das informações culturais.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  5. Hola che, gracias por pasar por meu blog, lástima que no entiendo portugués, no podré leer ni visitar seguido para ser sincero.
    Un brindis por la cultura!!

    ResponderExcluir
  6. Estou de passagem ( e no momento, de passagens não virtuais ); mas agradeço a visita ao meu blog e voltarei para melhor conhecer este espaço, que já me atrai bastante!

    abç

    Betha

    ResponderExcluir
  7. Te dejo mi saludo cordial

    no entiendo tu idoma pero apoyo la cultura

    chao

    ResponderExcluir
  8. Olá, adorei conhecer o blog! ^^

    http://diariodelooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigado pela sua presença no meu blog e principalmente por todos aqueles elogios! amei conhecer o blog :*

    ResponderExcluir
  10. Olá Bruno, senti toda a sua emoção. Felizmente, já tive um programa de rádio e sei a "cachaça" que é.Fazer rádio é muuito bom, gratificante. E o imediatismo do rádio nos leva a realizar verdadeiros milagres. Imagine o quanto a sua ouvinte desesperada se sentiu "acarinhada" só em você ouví-la. Ah...tinha tanta coisa para falar sobre rádio...Não haveria espaço. Adorei te visitar e adorei a visita , sempre generosa e amiga, de vocês. Saio do ar agora,:) mas não sem antes deixar um abração e meus parabéns!!Bye.

    ResponderExcluir
  11. Thanks for comment :)
    Me gusta tu blog, es genial, pasaré más veces a leerlo!

    ResponderExcluir
  12. Lau Milesi olá minha querida, pois é o rádio nos proporciona momentos gratificantes como esse que eu vivi e acredito que um dia irei vivê-los mais ainda. Agora sou apenas um exímio ouvinte, mas espero um dia voltar, levar alegria.
    Pois como disse Paulo josé de Andrade
    "O rádio é a tevê com imaginação!"
    Beijos linda fica com Deus.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá