exp spVeja algumas das exposições que estão em cartaz em São Paulo:


Mira Schendel: Avesso do Avesso

Até 27/02/11

Ao longo de quatro décadas, Mira Schendel (1919-1988) criou desenhos em papel de arroz, retorceu e trançou suas folhas para criar objetos e prensou o material entre placas de acrílico, expondo a frente e o verso da obra. Os diferentes usos do papel pela suíça radicada no Brasil podem ser vistos nessa exposição. Com curadoria de Cauê Alves, a exposição reúne cerca de 160 trabalhos – a maioria de coleções particulares. As cores sóbrias de cinza e ocre, que marcam parte da importante produção da artista, aparecem em várias obras. Mas também são reveladas peças multicoloridas. Um  outro ‘papel’ assumido por Mira.

Instituto de Arte Contemporânea (IAC), Rua Maria Antonia, 242, Consolação, São Paulo, 3255-2009. Dom , 12h/17h; fecha 2ª. Grátis.
   Verdade – Fraternidade – Arte

Até 20/02/11

Na Alemanha pós-1ª Guerra, surgiu o Grupo 1919, com expressionistas que acreditavam em uma arte social. A mostra reúne 50 obras, de nomes como Otto Dix, Chagall e Lasar Segall.

Museu Lasar Segall, Rua Berta, 111, Vila Mariana, São Paulo, 5574-7322, 14h/19h  (dom. e fer., 14h/18h; fecha 2ª). Grátis.


24º Prêmio Design Museu da Casa Brasileira

Até 16/01/11

Entre os 538 projetos inscritos, um júri formado por 30 profissionais selecionou 71 pelas e 17 trabalhos teóricos, que podem ser vistos na mostra. Há também a exibição do cartaz elaborado por Nadezhda Rocha e Julia Masagão, o projeto escolhido para divulgar o 24º Prêmio.

Museu da Casa Brasileira (MCB), av. Brig. Faria Lima, 2705, Jd. Paulistano, São Paulo, 3032-3727, 10h/18h (fecha 2ª.). R$ 4,00.
   Ave, Flor

Até 09/01/11

Espalhadas pelo grande jardim do Museu da Casa Brasileira (MCB) as aquarelas da artista plástica Anelise Scherer representam espécies da fauna e da flora brasileiras.

Museu da Casa Brasileira (MCB), av. Brig. Faria Lima, 2705, Jd. Paulistano, São Paulo, 3032-3727, 10h/18h (fecha 2ª.). R$ 4,00


Casapina

Até 23/01/11

A obra da artista plástica Patrícia Osses, uma das ganhadoras do Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2010, reconstrói os cômodos de uma antiga casa no centro de Santiago (Chile) por meio de fotografias, performances, vídeos e instalações.

Complexo Cultural Funarte São Paulo, Galeria Mário Schenberg, al. Nothmann, 1058, Campos Elíseos, São Paulo, 3662-5177 – 14h/22. Grátis.
   Restraint

Até 16/01/11

Focada na produção artística em novas mídias, a mostra reúne artistas contemporâneos brasileiros e peruanos.

SESC Pinheiros, rua Paes Leme, 195, Pinheiros, São Paulo, 3095-9400- 13h/22h (sáb., dom. e fer. 10h/19h; fecha 2ª). Grátis.


A Arte do Mito

Permanente

A primeira da série de quatro mostras que apresentam o acervo de forma temática e adotou o mito fio narrativo.

MASP, av. Paulista, 1578, São Paulo, 3251-5644 – 11h/18h (5ª, 11h/20h; fecha 2ª) – R$ 15,00 (3ª, grátis)
   Museu Paulista

Indeterminado

Duas mostras acontecem simultaneamente. Em “Labor, Lavoura: Café”, imagens do trabalho escravo e dos colonos imigrantes, além de pinturas que retratam o universo das fazendas de café. Em “Coleção de Armas”, uma seleção apresenta o desenvolvimento das armas ao lingo do tempo.

Museu Paulista da USP, Parque da Independência, s/nº, Ipiranga, São Paulo,2065-8000 – 9h/16h (fecha 2ª) – R$ 4,00



Dez Anos com Tomie

Até 20/02/11

No mês em que o instituto que leva seu nome entra em seu 10º ano, Tomie Ohtake expõe 25 novas telas..

Instituto Tomie Ohtake, av. Brig. Faria Lima, 201, São Paulo, 2245-1900 – 11h/20h (fecha 2ª). Grátis.
   Aleijadinho – Arte e Fé Brasileira, Ofício Divino

Até 16/01/11

A exposição traz esculturas de diversas fases da produção artísitca do mestre do barroco brasileiro, Antonio Francisco Lisboa. As 51 peças, que retratam santos e símbolos da fé católica, pertencem à coleção de Renato Whitaker.

Museu da de Arte Sacra, av. Tiradentes, 678, Bom Retiro, São Paulo, 3326-3336 – 11h/19h (fecha 2ª) – R$ 6,00 (estacionamento grátis na r. Jorge Miranda, 43)


Um Dia Terá que Ter Terminado

Até 06/03/11

A exposição reúne trabalhos produzidos durante a Ditadura Militar. São 64 obras de artistas como Cláudio Tozzi, Vera Chaves Barcelos e Artur Barrio.

MAC-USP Ibirapuera, Pq. do Ibirapuera, av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3,  São Paulo, 5573-9932 – 10h/18h (fecha 2ª). Grátis.

Fonte: Brasil Cultura
Postagem: Magno Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo