No Café da Manhã com Poesia: Seu Sorriso



Magno Oliveira é repórter cultural, blogueiro, colunista esportivo. Junto com o radialista Bruno Martins criou o Blog Folhetim Cultural hoje é responsável pelo blog e todo sábado escreverá No Café da Manhã Com Poesia.










Contatos: (011) 7170-8740
bemblogs@hotmail.com
Siga me no twitter @oliveirasmagno ou twitter.com/oliveirasmagno

Seu Sorriso

Quando parece não haver solução
Penso em você, e então
Bravamente sigo o meu caminho
Mesmo triste e sozinho
Você ainda me dá esperança
De um dia voltar a ter o meu sorriso de criança
Aquele sorriso puro, bonito e cheio de ingenuidade
Que você faz-me acreditar, que é possível dá-lo mesmo vivendo neste mundo coberto de falsidade
Em seu sorriso vejo a felicidade
Leveza e toda suavidade
Levo seu sorriso em pensamento
Caminho alegre pela cidade
Procuro seu sorriso a todo o momento
O procuro com ansiedade
Pois quando o encontro, eu tenho uma bela tarde.
Contigo me sinto bem, seu sorriso me tráz paz
Passar instantes com você é bom, eu quero passar mais.

Comentários

  1. Você é um exemplo de juventude saudavel!
    Abraços cariocas!

    ResponderExcluir
  2. O sorriso é uma das grandes armas do homem ...

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. O sorriso espontâneo vale mais que mil palavras.
    Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  4. O sorriso sincero, é uma arma. Desarma.

    Belo poema!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  5. Obrigado a todos os comentários!
    vamos sorrir sorrir sempre...

    Magno Oliveira
    Folhetim Cultural

    ResponderExcluir
  6. Todos os sorrisos, são como portas ou janelas para o nosso mundo,é o nosso abre alas do nosso corpo,abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco!

Postagens mais visitadas deste blog

Shows do Sampa Crew e Gabriel Corrêa fecham programação do aniversário de Poá

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”