Poesia Desabafo do Poeta é publicada no Site Poesias On Line

Como já foi divulgado aqui no Folhetim Cultural, Magno Oliveira publicará seus textos no site de Poesias On Line, a atração do poeta para seus leitores esta semana é a poesia Desabafo do Poeta, que já foi lida no Sarau Pavio da Cultura recentemente. Além de já ter sido publicada em sua coluna poética, aqui no Folhetim Cultural.


Sobre o poeta


Magno Oliveira nasceu em Santa Isabel no dia 01 de maio de 1992, aos 8 anos de idade se mudou com sua mãe para morar na cidade de Poá, a qual reside até hoje. Começou a escrever aos 13 anos suas primeiras poesias, porém desde cedo já escrevia redações e outros tipos de textos.

2009: Magno Oliveira começa a publicar seus primeiros textos no blog do primo Bruno Martins.
2009: Logo após alguns meses cria seu próprio blog, que mais tarde teve indicação para participar do prêmio Top Blog.
2009: Poesia Poá participa da exposição no Centro Cultural Taiguara em homenagem a passagem de aniversário da cidade.
2009: Poesia Como Vou Parar de te Amar participa de um concurso municipal entre escolas da cidade de Poá, Magno Oliveira recebe honra ao mérito e certificado.
2010: Poesia Amazônia é publicada na 1º edição do Jornal Mídia Ambiental.
2010: Blog Folhetim Cultural é lançado.
2010: Blog Folhetim Cultural é indicado para participar do prêmio Top Blog e fica entre os 100 melhores (blog administrado por Magno Oliveira).
2011: Organização do prêmio Top Blog, devido a expressa votação do blog ano anterior é convidado a participar mais uma vez do concurso e neste ano o blog ficou entre os dez melhores blogs chegando a grande final.
2011: Poesia Heroico Sorriso é selecionada para ser publicada em livro.
2011: Poesia Heroico Sorriso e Desabafo do Poeta concorrem em concurso cultural promovido pela Secretaria de Cultura de Suzano.
2011: O poeta é convidado a participar de dezenas de concursos de poesia.

Trecho da Poesia



Eu preciso me encontrar,
Me adaptar...
A vida sem você parece não ter razão,
É como se tudo fosse escuridão.
Sem você é triste a caminhada.
Mas tenho que seguir!
Toda essa luta não pode ser por nada,
Ainda tenho fé,
Vou sorrir.
O que eu preciso é me focar...


Link: http://www.poesiasonline.com/depressivas/poesia-desabafo-do-poeta.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça um pouco mais sobre Carla Cristina Garcia ministrante da oficina cultural “A literatura e a moda: A estranha relação entre as palavras e o corpo”

REUNIÃO DO CONSELHO DE CULTURA DE POÁ SERÁ DIA 19

No Café da Manhã com Poesia: Uma pequena crônica de uma manhã de domingo